5 dicas essenciais para quem vai sair de jet pela primeira vez

0
3704
Foto: Fotolia

Não há como negar que um bom passeio de jet instiga qualquer um a desbravar o mar – ou, pelo menos, um pouco dele – e este é um programa que tem cada vez mais adeptos. Mas, para fazê-lo com segurança, deve-se ficar atento a alguns cuidados essenciais, para o próprio bem-estar e o dos outros. Confira as cinco principais dicas que NÁUTICA separou para quem quer dar seu primeiro passeio:

1 – Para sair de jet, é necessário ter habilitação. Sim! O passeio exige conhecimento marítimo e, por isso, é preciso ter, no mínimo, o título de arrais-amador e motonauta – primeiro estágio para quem está começando a navegar e que permite navegação interior. Assim, o piloto terá as noções de sinalização no mar, tal como o que pode e não pode ser feito.

2 – O jet pode ser próprio ou alugado. Algumas praias têm serviço de aluguel para os pilotos de ocasião, que saem bem mais em conta do que a aquisição de uma moto aquática. Mas, se você quer se dedicar mais à pilotagem de jet, pode ser que o investimento em um novinho, direto da loja, seja a melhor opção. Você também pode optar pelo meio termo e comprar um modelo já usado. Assim, une o valor mais baixo ao fato de não precisar devolvê-lo.

3 – Na hora de escolher o melhor modelo de jet para seu perfil, leve em conta todas as suas necessidades em um conjunto só. Quanto pode ser seu investimento, se será para lazer ou para competição e quantas pessoas quer levar junto com você são as principais perguntas que você deve responder. Além disso, você deve escolher a potência que melhor se encaixa neste perfil. Hoje o mercado tem modelos para todos os gostos e necessidades!

4 – Depois de habilitação em ordem e jet escolhido, é hora de sair para navegar! Mas sem esquecer o colete salva-vidas. Mesmo para quem sabe nadar, ele é um importante item de segurança no caso de imprevistos que o impeçam de nadar. E não poderia ter melhor nome…

5 – Devidamente vestido, agora é necessário escolher o local do passeio, levando sempre em conta a abrangência da habilitação do piloto. Mas a ordem do dia vale para todos: escolha um lugar lindo e aproveite sua navegação com segurança, seja em águas abrigadas, costeiras ou mar aberto, seja sozinho de jet ou acompanhando uma lancha. Tenha uma ótima experiência!