Camiranga é Fita Azul da Refeno 2017 com novo recorde

0
2790
Foto: Tsuey Lan

A embarcação Camiranga escreveu, mais uma vez, o seu nome na historia da Regata Internacional Recife/Fernando de Noronha (Refeno). No último domingo (1º de outubro), o veleiro do Rio Grande do Sul conquistou o Troféu Fita Azul da Refeno pelo quarto ano consecutivo, com direito a quebra do próprio recorde entre os barcos monocasco. Do Marco Zero do Recife até a praia do Boldró, o barco comandado por Samuel Albrecht completou a travessia de 292 milhas náuticas (545 quilômetros) em 19h03min18s.

Assim como previsto, o barco do Rio Grande do Sul liderou a prova de ponta a ponta. A travessia até Noronha foi com ventos variando de 15 a 20 nós e ondas de até 2,5 metros. Até o momento, a segunda colocação geral está com o trimarã pernambucano, Patoruzú, do comandante Higínio Marinsalta, principal adversário do Camiranga até então. A terceira colocação está com o veleiro Tapioca, do Rio de Janeiro.

Ano após ano, o desempenho do Camiranga, um Soto 65, com 20 metros de comprimento, na Refeno vem sendo de alta performance. Em 2014, o barco completou a travessia em 22h40min43. No ano seguinte, baixou o tempo em duas horas, fechando em 20h26min37. Em 2016, diminuiu para 19h56min40. O atual recorde geral da Refeno é do veleiro Adrenalina Pura, da Bahia, com a marca de 14h34min54, em 2007.

Além do Fita Azul, o Camiranga ainda disputa o título na categoria ORC, no tempo corrigido. O anúncio oficial será na premiação, em Fernando de Noronha, marcada para a próxima quarta-feira (04), no Museu do Tubarão.

O próximo desafio do Camiranga após o retorno para o continente será a disputa da tradicional regata Santos/Rio, prevista para 28 de outubro.

A 29ª edição da Refeno, considerada uma das maiores competições de vela oceânica do Brasil, reuniu 47 embarcações e 352 tripulantes de 11 estados do Brasil e mais dois países. Os tripulantes estarão divididos em nove classes: multicasco (Catamarã e Mocra) e monocasco (RGS A, RGS B, ORC, Aberta, Bico-de-Proa, Aço e Turismo).