Este barco só não decola porque suas asas, curiosamente, não deixam

0
3125

Barcos foram feitos para navegar, certo? Este aqui, criado pelo sueco Ocke Mannerfelt, vai muito além. Com a proa afiada feito uma flecha e equipada com asas aerodinâmicas, esta lancha mantém o casco muito próximo à superfície da água, reduzindo assim o arrasto ao mínimo e proporcionando velocidades acima de 65 nós! O problema é que, quando encara uma onda com o acelerador no máximo (algo que casco convencional algum enfrentaria sem empinar a proa para o céu), ela praticamente levanta voo, permanecendo alguns segundos no ar. Apenas o hélice do motor permanece em contato com a água — ou nem isso…

Não por acaso, esse tipo de lancha foi batizada pelos europeus de “Bat Boat”, ou barco morcego, numa alusão ao super-herói dos quadrinhos, que usa a capa para flutuar. O segredo para não voar completamente são justamente as asas, invertidas em relação às aeronaves, explorando um princípio da aerodinâmica chamado efeito-solo, o que força o barco a manter o casco sempre (ou quase sempre) na água.