Volvo Penta expande unidade de tração de popa DPI Aquamatic para gama mais ampla de embarcações

0
838

A unidade de tração de popa DPI Aquamatic, da Volvo Penta, agora está no mercado como uma instalação tripla – uma nova configuração que permite que barcos maiores nos setores marítimo comercial e de lazer se beneficiem de sua instalação.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

A Volvo Penta apresentou o Aquamatic pela primeira vez em 1959, atualizando-o continuamente com inovações como o Duoprop, direção elétrica e joystick. Em 2019, a Volvo Penta lançou sua última geração de drives Aquamatic, o DPI, que promete conforto e capacidade de manobra, bem como desempenho aprimorado e manutenção reduzida.

Agora, a empresa está levando o DPI Aquamatic para uma gama ampliada de barcos com a introdução da instalação tripla, tornando-o uma opção viável para barcos maiores de até 60 pés.

“Em nosso novo pacote de DPI triplo, você pode esperar experimentar todos os recursos e benefícios que os drives DPI oferecem, desde as menores necessidades de serviço até o conforto e manobrabilidade incomparáveis”, disse Ingela Nordström, gerente de produto da Volvo Penta. “Portanto, não apenas trazemos mais potência para as frotas atuais ou barcos maiores, mas também conseguimos manter todas as capacidades dos drives DPI”.

O pacote DPI apresenta uma embreagem hidráulica para mudanças de marcha silenciosas e suaves, além de escorregar em baixas rotações do motor, visando maior capacidade de manobra e maior conforto em velocidades mais lentas do barco. E junto com a direção elétrica, que vem como padrão, a funcionalidade do joystick também promete precisão.

LEIA MAIS

>> Volvo Penta participa de projeto que visa mapear todo o fundo do oceano até 2030

>> App Easy Connect, da Volvo Penta, ganha atualizações para aprimorar experiência de navegação

>> Volvo Penta amplia oferta Glass Cockpit com três novos monitores

O DPI Aquamatic também vem com a opção de Sistema de Posicionamento Dinâmico (DPS), que mantém automaticamente o rumo e a posição do barco, mesmo durante correntes fortes ou condições de vento – ideal ao se preparar para atracar.

Os motores D4 e D6 da Volvo Penta são projetados para fornecer torque marítimo exclusivo em toda a faixa de rotação do motor. O supercompressor oferece torque de baixa potência impressionante para fazer o barco planar com eficiência e, em seguida, quando o barco atinge uma rotação mais alta, o turbo assume o controle para garantir que a velocidade possa ser mantida independentemente da carga ou do estado do mar.

A transmissão e as hélices Duoprop são cuidadosamente projetadas para transmitir todo o torque para a água, proporcionando mais aderência na água, independentemente da velocidade – seja em curvas fechadas em alta velocidade ou em manobras precisas no porto.

Dois anos atrás, a Volvo Penta e a construtora Marell estabeleceram novos padrões para embarcações de alta velocidade com o lançamento do Marell M15, equipado com um Volvo Penta D6-440 DPI duplo. Agora, a Marell está lançando um novo barco de patrulha Marell M15 com a instalação de DPI triplo.

“Quando originalmente lançamos o Marell M15, ele tinha uma velocidade máxima de cerca de 40 nós”, explica Jonas Karnerfors, gerente de projeto de vendas da Volvo Penta. “Agora, com o DPI triplo, aumentamos a velocidade máxima em 10 nós e aumentamos a aceleração, mantendo o consumo de combustível em 40 nós. Estes são apenas alguns dos muitos benefícios que pretendemos oferecer, com esta nova configuração, aos proprietários e operadores de barcos”.

Hindy - Rifaina