Volvo Penta lança nova geração de motor D4 no São Paulo Boat Show

0
1350

A Volvo Penta está apresentando a nova geração de motor D4 no São Paulo Boat Show 2019. “Os pacotes D4 e D6 tiveram uma ampla atualização do leme ao hélice e receberam mais potência e ainda maior confiabilidade”, declara Gabriel Barsalini, presidente da Volvo Penta South America. “Os custos operacionais foram reduzidos em cerca de um terço”, complementa Elpídio Narde, diretor comercial da Volvo Penta South America, ao lembrar que estas soluções de propulsão são consagradas mundialmente e já somam mais de 100 mil unidades produzidas.

As modernizações incluem diversas melhorias nos motores, um sistema de rabeta Aquamatic totalmente novo e ainda a atualização do sistema EVC de controle de embarcação (Electronic Vessel Control). Os pacotes estão disponíveis em três variantes: Motor de Centro (Inboard), motor de rabeta Aquamatic (Sterndrive) e também oVolvo Penta IPS.

“Houve mudanças em praticamente todos os aspectos considerados importantes por donos de embarcações, como desempenho, confiabilidade, durabilidade, custos operacionais e manutenção”, diz Narde. As melhorias também garantem uma experiência mais agradável, com uma navegação mais confortável e maior capacidade de manobra.

Os motores, agora, prometem entregar maiores potência e torque, além de garantir os mais altos níveis de confiabilidade. O encaixe com os pods IPS e o novo sistema de rabeta DPI Aquamatic são perfeitos, proporcionando maior conforto e capacidade de manobra, além de uma manutenção e serviços mais diretos.

O motor D4 (3,7 litros) foi projetado exclusivamente para aplicações marítimas e promete o máximo de transferência de potência para os hélices e para a água em todas as faixas de rotação dos motores. O D4 agora oferece uma potência máxima de 320 hp. “Não são apenas 10% a mais de potência. Os novos motores são mais eficientes em combustível em até 7,0%”, destaca o diretor.

Os avanços incluem um novo sistema de controle do motor, um novo sistema de injeção de combustível, um novo turbo compressor e um novo supercharger. O cabeçote, os pistões e as válvulas do cilindro também são novos, para atender o novo nível de desempenho. O virabrequim também está mais forte para suportar as cargas mais altas. A propulsão IPS teve melhorias em durabilidade e confiabilidade, mas o sistema DPI recebeu as maiores mudanças.

A nova embreagem hidráulica garante um engrenamento silencioso e macio, além de uma navegação suave e controlada em baixas rotações dos motores, resultando em maior manobrabilidade e mais conforto a baixas velocidades. A embreagem hidráulica e a direção elétrica (steer-by-wire) proporcionam a utilização da consagrada função de atracação por joystick.

O sistema de propulsão DPI também vem com Dynamic Positioning System, que mantém automaticamente a direção e a posição, mesmo em condições de fortes ventos ou correnteza, em condição ideal para atracagem da embarcação. A versão de centro (Inboard) também está disponível para transmissões com eixo e waterjet.

O motor tem também a nova geração de controle eletrônico de embarcação (Electronic Vessel Control). O EVC2 conecta e gerencia as comunicações internas entre o motor, manetes e telas, além de outros equipamentos.

Com uma arquitetura eletrônica moderna, o EVC2 é capaz de se conectar com mais itens no ecossistema do barco, oferecendo aos estaleiros mais funcionalidades e flexibilidade no desenvolvimento de novos projetos. Isto inclui um ponto de conexão, para download de software e realização de diagnósticos, além de um Assistente de Serviços Embarcado (On-Board Service Assistant), que oferece informações de manutenções em tempo real. Os manetes e o joystick também ganharam um visual mais moderno com o acabamento acetinado.

O EVC2 proporciona ainda outras muitas possibilidades. Ele servirá de base para conexão de todas as características em embarcações, permitindo upload de novos serviços em qualquer lugar do mundo, quando as características automatizadas e elétricas forem disponibilizadas. “As atualizações focam nos aspectos que realmente fazem diferença para donos de barcos, como a redução do custo de propriedade (TCO) e melhoria na confiabilidade, durabilidade e desempenho”, conclui Narde.

O maior salão náutico indoor da América Latina chega em sua 22ª edição em 2019, reunindo os principais lançamentos e destaques do setor em um só lugar. São iates, lanchas, veleiros, jets, motores, equipamentos, acessórios e muito mais para o público acompanhar até a próxima terça-feira, 24 de setembro, no São Paulo Expo.

Como já é tradição, o Espaço dos Desejos traz os lançamentos dos produtos mais cobiçados do mercado de luxo, de relógio a helicóptero. No pavilhão Destinos Náuticos, os visitantes poderão conhecer lugares paradisíacos e participar de um bate papo com velejadores sobre suas viagens incríveis. Por mais um ano, o PADI Dive Festival acontecerá simultaneamente ao São Paulo Boat Show, apresentando produtos, serviços, palestras e atrações voltadas para o mergulho. O São Paulo Boat Show traz, ainda, a mostra Tesouros Náuticos, com cerca de 20 barcos clássicos, entre lanchas e veleiros, para o público conhecer e se encantar. O São Paulo Boat Show 2019 tem organização Boat Show Eventos, patrocínio Bradesco Private Bank, co patrocínio Metalu Brasil, e com apoio da Revista Náutica e da Acobar.

São Paulo Boat Show 2019
Data: De 19 a 24 de setembro
Local: São Paulo Expo
Horários: 19/9, das 15h às 22h
Dias de semana, das 13h às 22h
Fim de semana, das 12h às 22h
24/9, das 13h às 21h

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.