Brasileiras são vice-campeãs Mundiais de 49erFX, em Auckland

0
484

Em uma disputa emocionante as velejadoras brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze conquistaram na madrugada deste domingo, 08/12, a medalha de prata no Mundial de 49erFX, que aconteceu em Auckland, na Nova Zelândia. As holandesas Annemiek Bekkering e Annette Duet garantiram o bicampeonato mundial e as dinamarquesas Ida Marie Nielsen e Marie Olsen completaram o pódio com a medalha de bronze. A Mundial de 49erFX começou a ser disputado em 2013. Desde então, Martine e Kahena já subiram ao pódio cinco vezes, sendo campeãs em 2014.

Os ventos e as ondas desafiadoras de Auckland foram determinantes para o resultado do Mundial em todas as classes. Na 49erFX a disputa pelo ouro foi acirrada entre as brasileiras e as holandesas. Antes da medal race as duplas disputaram mais duas regatas. Na primeira, Martine e Kahena fizeram mágica contra o vento e chegaram à frente das adversárias. Na segunda, as holandesas velejaram muito bem e bateram as brasileiras. A liderança geral da competição mudou ao longo das duas regatas e as holandesas avançaram para a Medal Race com apenas 2 pontos de vantagem, o que em uma regata que tem peso 2 é praticamente nada.

Com uma medal race de quem bate quem, as duas duplas estavam travadas com as condições de vento e ondas ficando cada vez mais desafiadoras. Na terceira volta, de quatro no total, com as outras duplas avançando em direção ao lado oposto de onde estava vindo o vento, as holandesas apostaram no que era seguro e montaram a segunda bóia. Já Martine e Kahena, no calor da disputa, foram ao extremo, e acabaram virando com o barco. Foi nesse momento que as holandesas garantiram o ouro.

O Mundial começou no dia 3 de dezembro e foi a última grande competição no calendário da Vela antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A competição reuniu as classes 49er, 49erFX e Nacra 17 e distribui 15 vagas para as Olimpíadas. A disputa da classe 49erFX contou com 61 duplas de 26 países.

A prata no Mundial encerra um ano importante para as brasileiras. As campeãs olímpicas conquistaram 6 títulos na temporada 2019: Mid-Winter Miami, a etapa de Miami da Copa do Mundo de Vela, o Troféu Princesa Sofia, na Espanha; o Campeonato Europeu, na Inglaterra; os Jogos Pan-Americanos, em Lima, e o evento-teste de Tóquio 2020, em Enoshima. Vale lembrar que com o ouro em Lima, Martine e Kahena entraram para o seleto grupo de atletas brasileiros com a tríplice coroa do esporte, que soma os títulos olímpico, mundial e pan-americano.

Resultado do Mundial de 49erFX – 2019

OURO – Annemiek Bekkering e Annette Duet (HOL)

PRATA – Martine Grael / Kahena Kunze (BRA)

BRONZE – Ida Marie Nielsen e Marie Olsen  (DEN)

Histórico da dupla brasileira em Mundiais:

2013 – Prata

2014 – Ouro

2015 – Prata

2016 – 6º lugar

2017 – Prata

2018 – 4º lugar (classificação do Brasil para Tóquio 2020)

2019 – Prata

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.

Schaefer770