Turistas ficam ilhados no Superagui após ressaca e maré alta

0
625
Foto: Reprodução

A ressaca e a maré alta que atingiram o Litoral do Paraná no último fim de semana fizeram com que cerca de 20 turistas ficassem presos na Ilha do Superagui. De acordo com a proprietária da Pousada Sobre as Ondas, Denise Ramos, os visitantes pretendiam sair da ilha rumo a Paranaguá com um táxi náutico no domingo (10), contudo as fortes ondas impediram que eles fossem embora — o que aconteceu apenas na manhã desta segunda-feira (11).

“Eles até tentaram, mas tiveram que voltar, porque fica muito perigoso. Não tinha nem como sair na praia com as ondas, porque elas estavam quebrando na areia”, conta Denise. As ondas também impediam o acesso ao trapiche da ilha, já que quebravam em cima da estrutura.

LEIA TAMBÉM
>>Regata Náutica Caras chega à 20ª edição neste sábado (16) em Angra dos Reis
>>Volvo Penta apresentará conceito Easy Boating no Rio Boat Show 2019
>>Novo iate de 27 metros da Azimut Yachts será fabricado no Brasil

A alteração na movimentação do mar ocorreu devido aos fortes ventos que acompanham a frente fria que está passando pelas regiões Sul e Sudeste do país. De acordo com alerta emitido pelo Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), os ventos podem chegar a 75 km/h e ainda podem ser registrados até a noite desta segunda-feira (11).

Apesar do alerta pontual, Denise afirma que as ressacas estão se tornando mais frequentes, o que assusta os moradores. “Nós aqui fizemos um muro de concreto. Se não fosse o muro segurar um pouco, já era o nosso restaurante”, conta. A proprietária da Pousada Superagui, Olga Tolasek, concorda: “Cada ano que passa a maré está subindo mais”.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones