Tradicional regata Aratu-Maragojipe agita o mar da Bahia

0
3599
Fotos: Mauricio Cunha Jr

Nos dias 24 e 25 de agosto, o tradicional Aratu Iate Clube, na Baía de Aratu, cidade de Simões Filho, realizou mais uma edição da Regata Aratu-Maragojipe, que completou sua 49ª edição. Foram 120 veleiros inscritos, dentre eles embarcações de outros estados do Brasil, como Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Pernambuco. Cerca de 900 velejadores navegaram as 32 milhas náuticas que separam a Baía de Aratu da cidade histórica de Maragojipe, entre o mar da Baía de Todos os Santos e o belíssimo Rio Paraguaçu.

Foto Mauricio Cunha Jr

Além das dezenas de veleiros inscritos oficialmente, outros 80 barcos acompanharam a competição, como os tradicionais saveiros. Centenas de embarcações a motor, a exemplo de escunas, lanchas e jets também participaram “cortejo náutico”. O evento contou com o importante e numeroso apoio da Marinha do Brasil através da Capitania dos Portos da Bahia. O próprio Capitão dos Portos, o comandante Leonardo Silva Reis, fez questão de acompanhar todas as etapas da prova.

Foto Mauricio Cunha Jr

Este ano a 49ª Regata Aratu-Maragojipe teve incorporada ao campeonato brasileiro de MOCRA 2018, que reuniu veleiros catamarãs. A competição foi precedida por uma cerimônia de abertura na sede do Aratu Iate Clube, que reuniu um público estimado de 900 pessoas, entre autoridades da Marinha do Brasil, do Estado da Bahia através da Secretaria de Turismo, municípios de Simões Filho e Maragojipe e a comunidade náutica. O veleiro Maguni foi o primeiro a cruzar a linha de chegada e o veleiro ODARA sagrou-se campeão brasileiro de MOCRA 2018.

Foto Mauricio Cunha Jr

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones