Temporada de oceano

0
907

A classe C30, uma das mais competitivas do país entre os barcos de oceano, estará com sua flotilha paulista neste fim de semana, dias 12 e 13, na Capital Nacional da Vela para a abertura do XVI Circuito Ilhabela de vela oceânica (Copa Suzuki), tradicional competição disputada em quatro etapas ao longo da temporada. A primeira etapa será concluída nos dias 19 e 20 com sede no Yacht Club de Ilhabela (YCI).

Em uma classe em que o equilíbrio é o principal motivo da emoção, o barco a ser marcado pelos adversários em Ilhabela é o atual campeão, Caiçara, comandado por Marcos de Oliveira Cesar. “Esperamos neste ano disputas ainda mais acirradas porque o nível técnico das tripulações vem crescendo a cada campeonato. Na C30, uma distração, um simples piscar de olhos, é o suficiente para que as posições nas regatas se alterem”, analisa o comandante campeão.

Em 2015, o Caiçara dominou as quatro etapas da temporada e venceu a competição com 15 de pontos de vantagem sobre o vice, Caballo Loco, do comandante Mauro Dottori. O +Realizado, de José Luiz Apud terminou em terceiro lugar. Barracuda e Kaikias completam a flotilha. O atual campeão brasileiro, Loyal, de Marcelo Massa, prepara o retorno à raia para a Semana de Vela de Ilhabela, em julho, com regatas válidas também pelo Brasileiro de C30 e participação das embarcações do Sul do País.

“O barco foi projetado para ser de fácil manuseio, rápido e competir como um monotipo. A classe possui regra muito restrita o que estabelece barcos idênticos, valorizando o trabalho das tripulações”, considera Marcos Cesar, que terá praticamente a mesma equipe para a defesa do título a partir deste sábado (12), incluindo-se o talento de Martin Lowy, campeão brasileiro de Laser Radial em 2016. “Neste ano temos como novidade a tripulação do barco Kaikias, comandada pelo experiente Felipe Echenique”.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br