#tbt: Tecnomarine 41, a esportiva mais bonita do passado

0
338

Quando a Tecnomarine 41 foi lançada, em 1988, os barcos mais procurados no mercado brasileiro eram justamente as lanchas offshore. E ela agradou em cheio. Suas linhas eram ainda mais agressivas, seu casco tinha um V bem profundo, perfeito para navegar em águas abertas, seu para-brisa em acrílico fumê ainda era uma novidade no Brasil e ela usava um inédito sistema de propulsão, do tipo Levi Drive, com hélices de superfície, que era bem mais veloz que os tradicionais, com eixo e pé-de-galinha. Com tantos atrativos, tornou-se logo um enorme sucesso.

LEIA TAMBÉM
>>Mercury Marine confirma participação no 22º São Paulo Boat Show
>>Aceleramos a Real 365 Special Edition. Veja o teste completo em vídeo
>>Primeira unidade da Armatti 450 Sport Coupé será entregue este mês

O conforto também era um dos pontos fortes, já que, até então, privilegiava-se apenas o desempenho nos barcos. Sua cabine tinha um pé-direito de quase dois metros, e a bordo havia fogão elétrico e camas para quatro pessoas. Nem parecia uma esportiva. Mas era. E das boas, já que chegava a 42 nós de velocidade.

A Tecnomarine 41 foi fabricada até 1993 e foram fabricadas apenas 33 unidades. Tinha 41 pés (12,70 m), 3,25 m de largura e aceitava dupla motorização de 330 a 360 hp.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones