#tbt: Fast 500, o maior veleiro oceânico feito em série no Brasil

0
1262

Mal a primeira unidade do Fast 500 (nosso #tbt de hoje) ficou pronta, em 1986, os velejadores alvoroçaram-se. Era o maior veleiro oceânico de construção em série já feito no Brasil. E não era apenas o seu tamanho que chamava a atenção. Ele trazia equipamentos sofisticados a bordo, coisa até então rara por aqui.

Imagine só: 33 anos atrás, este veleiro já saía de fábrica com micro-ondas, freezer, som completo, gerador, navegador por satélite, vhf e um pré-gps, chamado Navsat. Para navegar, ele trazia três comandos diferentes de leme e velejava macio.

Apesar do grande comprimento, três pessoas conseguiam conduzi-lo com tranquilidade, já que havia catracas elétricas, por exemplo. Foi desenhado por um dos maiores projetistas do mundo, o argentino German Frers, que também fez os famosos Swan, considerados os Rolls Royces do mundo da vela.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones