Táxi aquático híbrido de luxo tem aprovação para ser comercializado em Veneza

0
927

A empresa italiana de design Nuvolari Lenard concluiu recentemente o trabalho em um novo táxi aquático veneziano, cujo sistema de propulsão híbrido ajudará a preservar a cidade histórica através do uso de tecnologia sustentável.

A primeira unidade do táxi aquático de luxo de 14 lugares, Thunder, foi construída em Cantieri Vizianello, em Veneza, que desenvolveu o sistema de acoplamento mecânico e eletrônico do sistema híbrido. Após um período de teste de cerca de um ano, obteve a aprovação completa dos organismos de classificação. Portanto, agora é um produto comercializável e não mais um protótipo experimental.

“Esperamos que esse modelo progressivo de transporte na cidade mude a mentalidade das empresas de transporte historicamente conservadoras em Veneza”, diz Carlo Nuvolari, que fundou a empresa de design italiana ao lado do parceiro Dan Lenard.

“Como venezianos, Dan e eu sentimos uma forte conexão com a cidade e experimentamos em primeira mão os danos que estão sendo causados ​​a suas estruturas delicadas, devido à poluição do ar e do ruído, além da erosão física”, explica ele. “Consideramos que era crucial resolver os problemas enfrentados em nossa bela  e que Nuvolari Lenard estava bem posicionado para liderar a tarefa de encontrar uma solução, por meio de um projeto exclusivo dedicado a ajudar Veneza”.

LEIA TAMBÉM
>> Conheça a regata volta ao mundo em que os competidores fazem o próprio veleiro
>> NHD Boats se prepara para lançar lancha de 34 pés com abertura lateral dupla
>> Novo catamarã de pesca de 35 pés da catarinense SEC Boats estreia na água

Durante o Venice Boat Show de 2019, Nuvolari Lenard organizou um fórum para discutir possíveis projetos de uma embarcação híbrida de luxo que pudesse resolver o problema de poluição de Veneza. “A propulsão híbrida elétrica a diesel parecia ser a solução mais eficiente para os requisitos específicos de Veneza”, diz Nuvolari. “A vida útil curta da bateria é uma preocupação comum para muitos sistemas de propulsão híbrida, mas em Veneza os táxis aquáticos fazem viagens regulares ao aeroporto em águas abertas, onde viajam em velocidades mais altas usando diesel, o que dá tempo para as baterias recarregarem, mesmo que não completamente, para quando a embarcação retornar aos limites de baixa velocidade das vias navegáveis ​​da cidade, momento em que consumirá apenas a energia elétrica armazenada. ”

A fim de respeitar a herança estilística dos táxis aquáticos clássicos pelos quais Veneza é famosa, o novo design utiliza materiais tradicionais de madeira com alguma modernização. Nuvolari Lenard diz que recebeu uma solicitação para que a embarcação de 9,2 metros seja usada como uma limusine para um cliente de superiate.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Teste EVOLVE 360 HT – 27/06/2020