Superlotação fecha marinas de Miami poucas horas após a reabertura

0
781

Os navegadores do sul da Flórida superlotaram as marinas públicas quando as atividades na água foram retomadas neste fim de semana, embora com muito mais regras e restrições. Duas horas antes da abertura de várias marinas no Condado de Miami-Dade já haviam filas de barcos esperando e, em apenas algumas horas, a capacidade máxima obrigou as autoridades a fechar o acesso.

Entre as mudanças, os navegadores contaram com a polícia local estacionada nas entradas e saídas para monitorar e lembrá-los das novas regras de distanciamento social, que incluem a limitação do número de passageiros a não mais que 10, com base no tamanho da embarcação; permitindo que apenas um barco por vez saia da rampa; e o uso de uma cobertura facial, que pode ser máscara ou tecido que cubra sua boca e nariz, o tempo todo em terra e até o barco sair da marina.

Não serão permitidas jangadas, pois os barcos devem permanecer separados por 50 pés.

LEIA TAMBÉM
>> Conheça a regata volta ao mundo em que os competidores fazem o próprio veleiro
>> NHD Boats se prepara para lançar lancha de 34 pés com abertura lateral dupla
>> Novo catamarã de pesca de 35 pés da catarinense SEC Boats estreia na água

As longas filas e os novos procedimentos não pareciam incomodar os navegadores, muitos dos quais estavam fora d’água há um mês ou mais. Milton Tinoco esperou na fila por quatro horas para sair e pescar. “É para a segurança de todos, por isso não me incomoda. Você sabe, não importa que tenhamos que esperar. É com isso que temos que lidar agora ”, disse ele.

Passeios de barco estão entre as atividades que começam a retornar nas áreas onde foram restringidas. Embora, novos regulamentos e acesso variem de estado para estado, e diferentes jurisdições dentro dos estados.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Schaefer770