Navio mercante Stellar Banner será afundado na costa do Maranhão, informa Marinha

0
911

O navio Stellar Banner vai ser afundado a 150 km da costa maranhense, segundo informou a Marinha do Brasil. A decisão do Comando do 4º Distrito Naval (Com4ºDN) foi confirmada depois de análise dos relatórios da Polaris Shipping, responsável pelo navio mercante, que encalhou em fevereiro deste ano.

Segundo a Marinha, antes de afundar o navio, equipes especializadas neste tipo de operação ainda vão retiradas o que sobrou de óleo no Stellar Banner. A Marinha garantiu por meio de nota que “a parte da carga, que ficará no navio, não oferece riscos à vida marinha e à vida humana e deverá permanecer em concordância com as autoridades ambiental e marítima”.

Para confirmar que nenhum impacto ambiental aconteça, o processo de alijamento (afundar) as embarcações AHTS (Anchor Handling Tug Supply) Bear, OSRV (Oil Spill Response Vessel) Água Marinha, OSV (Offshore Support Vessel) Normand Installer e o Navio-Patrulha “Guanabara” devem acompanhar o processo até o fim.

LEIA TAMBÉM
>>NÁUTICA Live revela: com a reabertura da economia, o setor náutico será um dos primeiros a reagir
>>O Zipper Ship é exatamente o que você está pensando: um barco em forma de zíper
>>Nova expedição ao Titanic procurará telégrafo que emitiu o pedido de socorro

Além da Marinha, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) estão acompanhando os trabalhos.

Na última quinta-feira (4) o Stellar Banner foi rebocado de onde ficou encalhado e passou a ficar em águas mais profundas, a cerca de 111 km de São Luís. O reboque do navio se tornou possível após a remoção de cerca de 145 mil toneladas de minério de ferro e 3,9 mil metros cúbicos de óleo do Stellar Banner.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Teste EVOLVE 360 HT – 27/06/2020