Semana de Vela de Ilhabela refaz percurso original de regata de abertura

0
453
Foto: Aline Bassi

A 46ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela terá novidades em sua regata de abertura, marcada para 14 de julho, em Ilhabela (SP). A prova Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil volta a ter o percurso original. A regata é a mais longa da competição e os barcos vão contornar o arquipélago do litoral norte de São Paulo, um dos mais preservados do país.

No mesmo dia, só que para os barcos menores, saem no mesmo horário a Ilha de Toque-Toque por Boreste e a Renato Frankenthal. As largadas e chegadas são em frente ao píer da Vila. O percurso original da Alcatrazes tem o recorde do veleiro ESPN Brasil batido em 1998. O tempo foi de 9h34min53s.

”Voltando ao formato original, a regata ficará ainda mais difícil, pois novamente com o percurso completo, navegando mais horas à noite, e dentro do canal, onde o vento costuma rondar bastante e até mesmo parar em alguns locais, e, a correnteza, que, de aliada, pode se tornar adversária dos velejadores, são fatores que tornarão a prova deste ano um verdadeiro jogo de xadrez”, disse Marcos Ferrari, que comandou o ESPN Brasil, um Farr 42. A regata terá 65 milhas náuticas, 10 a mais do que a versão de 2018.

LEIA TAMBÉM
>> Inace participará da 22ª edição do Rio Boat Show
>> Intermarine registra princípio de incêndio em estaleiro
>> Estaleiro italiano cria nova linha de superiates em parceria com empresa inglesa

Em 2018, a Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil foi histórica com a marca do Crioula. A equipe, a bordo de um Soto 40, fez o percurso em 6 horas, 1 minuto e 42 segundos e bateu o recorde no percurso não chegando na vila com 55 milhas.

”Acho muito difícil [quebrar esse recorde] e pra falar a verdade nem me passa pela cabeça fazer isso novamente com o Crioula. Precisaríamos de uma condição perfeita”, disse o velejador olímpico Samuel Albrecht, que foi o tático do Crioula na quebra do recorde anterior.

Além dos títulos Sul-Americano, Ilhabela Cup e da própria competição (classes IRC e ORC), os gaúchos bateram a marca histórica da regata Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil.

”A largada e a chegada no canal vão exigir mais das tripulações. O show está garantido com tudo acontecendo na frente da vila”, disse CucaSodré, presidente da comissão de regatas.

A edição passada da Semana Internacional de Vela de Ilhabela reuniu 120 barcos de oito categorias diferentes. As inscrições para o evento serão abertas em 15 de abril por meio do site oficial.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones