Semana de Vela de Ilhabela é oportunidade para evolução de alunos da Escola Lars Grael

0
307
Foto: Paulo Stefani

Inaugurada em março de 2016, a Escola Municipal de Vela Lars Grael, a única pública no País, segue cumprindo seu objetivo principal de inserir jovens moradores de Ilhabela no esporte. Na 46ª edição da Semana Internacional de Vela no município, cinco dos 167 alunos da escola nesta temporada podem ser vistos em ação, em diferentes classes do evento, numa experiência única. São eles, Marina de Jesus, Rafael Pereira, Matheus Oliveira, Pedro Henrique Garcez e Handrey Cantini, que estão entre os 30 velejadores do grupo competitivo da Escola.

A bordo do BMW Motorrad (classe ORC), a jovem Marina de Jesus, de 15 anos, está tendo a oportunidade de fazer sua estreia na vela oceânica, competindo ao lado do medalhista olímpico Lars Grael. Ela já havia disputado três vezes a Semana de Monotipos, terminando em 2019 na sexta colocação de sua classe, a 420. “Comecei a velejar por incentivo de um amigo do meu pai, que considero como um avô para mim, o Hérbene. Ele me colocou no mundo da vela, quando eu tinha 12 anos. Treino todos os dias úteis da semana na Escola Municipal. Divido o tempo entre escola e treinos, mas pretendo sempre velejar. O início foi por lazer, mas gostei demais”, disse Marina.

“Está sendo bem legal velejar com o Lars Grael. Estou aprendendo muita coisa, como trabalhar em equipe, já que são várias pessoas dentro do barco. Estamos em terceiro lugar após duas regatas, a de domingo e a de segunda-feira (14 e 15). Como qualquer atleta, pensamos sempre em obter o melhor resultado, mas, neste momento, vale mais a experiência de estar ao lado de pessoas que sabem tanto, como as do meu barco”, complementou a pequena velejadora.

Parceiros na classe 420, tendo completado a Semana de Monotipos no início de julho na terceira colocação, após vencer três das nove regatas realizadas, Pedro Garcez e Handrey Cantini estão competindo na Semana de Vela de Ilhabela no mesmo barco, o Newport (bico de proa). Eles venceram as duas primeiras regatas na classe. Pedro já havia competido antes em regatas de oceano e Handrey faz sua estreia no evento.

Pedrinho, como é conhecido, é o mais experiente da dupla. “Está sendo uma experiência muito boa para mim, por velejar mais uma vez no oceano e poder ganhar mais conhecimento. Comecei a velejar há oito anos. Gostei tanto que continuei sempre batalhando bastante para chegar aonde estou. Meus pais e meus irmãos me incentivaram e me ajudam até hoje. Espero representar o Brasil em alguma Olimpíada um dia. Esse é meu sonho”, contou Pedrinho, de 15 anos.

Já Handrey conheceu a vela por acaso, quando jogava bola com os amigos na praia. Ele viu vários barcos no mar e resolveu falar com algumas pessoas naquele momento para explicarem como poderia praticar o esporte. “Comecei a velejar com 10 anos. Com 11, cheguei à flotilha da cidade, para competir Brasil afora. Mais recentemente o secretário Beto de Mazinho contratou o Xande (Paradeda), velejador muito experiente, para ser nosso técnico e, a partir, daí evolui mais. Agora, quando completei 13 anos, troquei de barco e passei a velejar junto com o Pedrinho na 420. Estamos juntos e viajamos sempre para outras cidades. O Pedro e eu temos um bom entrosamento e achei legal competirmos no mesmo barco”, avaliou Handrey, de 13 anos.

LEIA TAMBÉM
>>João Palombo e o pai descobriram os prazeres de uma Ventura 160. E não querem saber de outra vida
>>Cinema grátis é atração do Race Village durante a Semana de Vela de Ilhabela
>>Como uma pénichette pode ser uma deliciosa maneira de explorar os rios da França

Campeão mundial no comando – Em dezembro de 2017, o campeão mundial de Snipe, Xande Paradeda, foi contratado pela prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Esporte, para comandar a Escola de Vela e dar aulas na estrutura montada na praia do Pequeá. “Temos o nível básico, com o pessoal que está aprendendo a velejar, e depois começa a equipe de competição, com alunos nas classes Optimist, 420 e Snipe. Me mudei para cá com minha família há um ano e meio”, conta Xande, gaúcho de Porto Alegre.

“A galera daqui tem bastante tempo para treinar e são muito dedicados. A vela, assim como a escola, acaba sendo a principal atividade deles. Aqui, eles têm condição climática de treinar o ano inteiro, de segunda a sexta, no caso dos alunos competitivos. O volume de horas, com apoio da prefeitura e as viagens, faz com que a evolução seja mais rápida. Temos o Matheus Oliveira e o Rafael Pereira no Mundial Júnior de Snipe, e, no de Optimist, o Alex Kuhl. O Douglas Said está no Campeonato Norte-Americano, junto com a seleção brasileira sub-15. Em um ano e pouco eles já estão nas seleções e isso só vai aumentar”, completou Xande.

O técnico não poupa elogios para os jovens alunos e alunas da Escola de Vela Lars Grael. “Eles são bastante dedicados e acabam retribuindo todo o esforço que nós fazemos para ensiná-los, sempre da melhor forma possível. Nunca cobramos resultado, mas sim empenho”, comentou Xande. “Uma pena não termos a regata ‘Velas do Amanhã’, por falta de condições climáticas. Seria muito importante para apresentar todo o projeto para a comunidade da vela”, finalizou o velejador.

Secretário satisfeito – Secretário de Esporte de Ilhabela, Beto de Mazinho conta um pouco do atual momento da Escola de Vela, além de destacar os principais objetivos do projeto. “Temos investido bastante na formação de novos velejadores, fazendo da Escola Lars Grael uma referência. Damos condições para que as crianças possam aprender o esporte e se desenvolver, sem descuidar dos estudos. Temos um multicampeão como o Alexandre Paradeda como técnico e tenho certeza que formaremos grandes velejadores”. A Escola de Vela tem 167 alunos e uma equipe de competição, que varia entre 25 a 30 velejadores, atuando nas classes Optimist, 420 e Snipe.

Programação do fim de semana – Na noite desta quarta-feira (17), o Race Village recebeu a primeira cerimônia de premiações da atual edição da Semana de Vela de Ilhabela, a da regata Ilha de Toque-Toque. Nos próximos dias, a programação intensa e, nesta quinta-feira (18), o destaque será o show do cantor e compositor Kiko Zambianchi, às 20h.

Na sexta (19), além de toda a programação de palestras, shows e sessões da Feira Literária de Aventura de Ilhabela, haverá a premiação do Campeonato Brasileiro da Classe C-30. No sábado e domingo (20 e 21), as atividades seguem normalmente no Race Village, que recebe a premiação final da 46ª Semana de Vela de Ilhabela.

Dia 19 – sexta-feira
14h – Flai – Oficina de desenho e pintura
15h – Flai – Contação de História “Aventuras no Tapete Interativo – Participação dos Animais Marinhos”, Instituto Supereco
15h – DJ Japs
18h – Flai – Palestra: De Ilhabela para o Mundo, com Juninho Jesus
19h – Flai – Cosplayers – Homem de Ferro e Jack Sparrow
19h – Banda Captadores
20h – Premiação do Campeonato Brasileiro da Classe C-30
20h30 – Flai – Sessão de autógrafos com o escritor P. J. Acácio
20h30 – Classical Queen

Dia 20 – sábado
9h às 17h – Campanha Julho Amarelo – Na luta contra as hepatites virais
14h – Flai – Oficina de desenho e pintura
15h – DJ Alex
18h – Palestra: Rota Dória com Ana Wuo
19h – Flai – Cosplayers – Homem de Ferro e Jack Sparrow
19h – Banda Tom Cats
20h – Premiação da 46ª Semana de Vela de Ilhabela | Encerramento (todas as classes)
20h30 – Flai – Lançamento do livro “Como é viver com Parkinson”, de J. Nelson. Com leitura de trechos do livro e sessão de autógrafos.
21h – Billie Holiday Tributo com Djane Borba, Hector Costita & Jazz Society Trio

Dia 21 – domingo
14h – Flai – Oficina de desenho e pintura
15h – DJ Kwest
18h – Flai – Palestra: Motivação e Superação, com Lucas Andrade
19h – Flai – Cosplayers – Homem de Ferro e Jack Sparrow
19h – Flai – Orquestra Popular de Ilhabela (palco)
20h – Felipe Blu

Dia 22 – segunda-feira
10h – Flai – Peça teatral: Chapeuzinho Vermelho (palco)
11h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
14h – Flai – Oficina de desenho e pintura
14h – Flai – Peça teatral: Chapeuzinho Vermelho (palco)
15h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
15h – DJ Kustelinha
18h – Palestra: Refúgio da Vida Silvestre de Alcatrazes com Kelen Leite
18h – Flai – Palestra: Guerreiros do Arquipélago – Uma Jornada ao Impossível, por David Kubiac (no stand)
19h – Nós na Goma
20h – Ira!

Dia 23 – terça-feira
10h – Flai – Peça teatral: A Cigarra e a Formiga (palco)
11h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
14h – Flai – Oficina de desenho e pintura
14h – Flai – Peça teatral: A Bicharada Saltimbancos (palco)
15h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
15h – DJ Negrito
18h – Palestra: O mar não está para Lixo, com Projeto Tecendo as Águas, do Instituto Supereco
19h – Flai – Orquestra Popular de Ilhabela (palco)
20h – Banda Tunapi

Dia 24 – quarta-feira
10h – Flai – Peça teatral: Pedro e o Lobo (palco)
11h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
14h – Flai – Oficina de desenho e pintura
14h – Flai – Peça teatral: Pedro e o Lobo (palco)
15h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
16h – DJ Júlio Bittencourt
19h – Flai – Oficina de violão com professor Anderson Jota Jota
20h – Tim Mazzo

Dia 25 – quinta-feira
10h – Flai – Peça teatral: Rapunzel (palco)
11h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
14h – Flai – Oficina de desenho e pintura
14h – Flai – Peça teatral: Sítio do Pica Pau Amarelo: Uma viagem a Hollywood (palco)
15h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
16h – DJ Kustelinha
17h – Flai – Palestra: Futuros Guardiões dos Oceanos (no stand)
18h – Palestra: Operação Milagro – A campanha em defesa da Vaquita, o cetáceo mais ameaçado do mundo com a Sea Shepherd (Mara Lott)
19h – Flai – Orquestra Popular de Ilhabela (palco)
20h – Felipe Bianchi

Dia 26 – sexta-feira
10h – Flai – Peça teatral: Os Três Porquinhos (palco)
11h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
14h – Flai – Oficina de desenho e pintura
14h – Flai – Peça teatral: A Bicharada Saltimbancos (palco)
15h – DJ Mr. George
15h – Flai – Contação de lendas com Vandinho Caiçara
18h – Encerramento da Flai com a Banda Marcial de Ilhabela (palco)
19h – Barbara Rodrigues e Banda
20h – De Elvis a Jobim com João Suplicy

Dia 27 – sábado
16h – DJ TJ
18h – Palestra Seu Lixo Meu com Alexandre Socci
20h – Marcelo Totó e os Rockers

Dia 28 – domingo 
16h – DJ Guilla
18h – Palestra: Movimento Borandá – Caminho da Mata Atlântica, com Felipe Feliciani
20h – Aline Outa

CERIMÔNIAS 
Dia 19 – 20h – Premiação do Campeonato Brasileiro da Classe C-30, no Race Village
Dia 20 – 20h – Premiação da 46ª Semana de Vela de Ilhabela | Encerramento (todas as classes), no Race Village

CINEMA 
De 12 a 28 (seis sessões por dia)

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.