São Sebastião (SP) sediará etapa do Campeonato Brasileiro de Canoa Polinésia este ano

0
786
Foto: Divulgação

A cidade de São Sebastião, no Litoral Norte de São Paulo, foi escolhida para sediar uma das etapas do Campeonato Brasileiro de Va’a, a Canoa Polinésia, para a temporada de 2019. A cidade vai receber, na Praia Grande, o Va’a PRO Brasil – etapa 1 do Campeonato Brasileiro de OC6 e Clubes entre os dias 12 e 14 de julho, que consiste em canoas com seis remadores.

O evento é uma realização da Confederação Brasileira de Va’a (CBVAA) e a escolha da cidade deu-se a partir da participação do Instituto São Sebá Va’a no edital público lançado pela Confederação. “Estou muito feliz com o resultado. O Instituto São Sebá Va’a está de parabéns pelo trabalho que vem desenvolvendo. Isso tudo é fruto do crescimento do nosso esporte. A CBVAA agradece ao Instituto pela proposta. Estamos felizes e ansiosos por trabalhar em conjunto com o São Sebá Va’a”, afirmou Fagner Augusto de Magalhães, presidente da CBVAA.

“São Sebastião já tem tradição na prática de esportes náuticos. Receber o Campeonato Brasileiro de Va’a é uma honra para a cidade e um desafio para o nosso Instituto. Além de manter a qualidade do evento, estamos trabalhando para fazer desse encontro um grande Festival Va’a”, comemorou Robson Bitencourt (Toko), presidente do Instituto São Seba Va’a.

A vinda do Brasileiro de Va’a só corrobora o crescimento do esporte na cidade, onde vem se tornando um dos pólos do esporte no país. A temporada de eventos 2018 foi encerrada no último dia 15, em grande estilo, o Instituto São Sebá Va’a mais uma vez colocou cerca de 120 pessoas no mar, realizando uma Expedição ao Bonete, em Ilhabela, com Canoa Polinésia. O evento durou mais de seis horas com 60km percorridos. Agora, o grupo se prepara para ampliar ainda mais seu projeto no próximo ano, com o desafio de superar 2018, que já foi rico em conquistas e crescimento de projeto social.

LEIA TAMBÉM
>>47º Brasileiro de Optimist começa em Ilhabela com medição dos barcos e treino
>>MCP Yachts lança iate em alumínio que une beleza e modernidade
>>Brasileiro campeão mundial na F3000 irá para a F1 dos mares em 2019

O Secretário Municipal de Esportes de São Sebastião (SP), Philipe Marmo, participou da expedição e se surpreendeu com o trabalho do grupo. Segundo Marmo, “é muito importante para São Sebastião ter um projeto aberto à sociedade de estímulo a práticas esportivas e de saúde. A Prefeitura reconhece e valoriza esse tipo de iniciativa”.

Ao longo deste ano, o grupo manteve como atividade fixa o “Canoa para Tod@s”, com remadas no Canal de São Sebastião, partindo da Praia do Porto Grande. O projeto acontece diariamente, é gratuito e aberto a toda sociedade. “Queremos todo mundo remando. A diversidade de pessoas é a marca do nosso clube. Quanto mais plural for uma canoa, maior o significado da remada”, enfatiza Georgia Michelucci, idealizadora do projeto Canoa para Tod@s, que somente em 2018 atendeu cerca de 2 mil pessoas de todas as classes sociais e faixa etária, além de pessoas com mobilidade reduzida. Dos participantes, cerca de 400 remadores são fixos.

O São Sebá Va’a também participou de provas e campeonatos nacionais, Sulamericano e mundial de canoagem Va’a no Tahiti, conquistando 1º e 2º lugar no Ranking Aloha Spirit Festival 2018, uma das maiores competições do Brasil, nas categorias OC6 Mista Open e Masculino Estreante, respectivamente.

O surgimento de categorias como Para Va’a (PCD) e Master 60+ Feminino é um ponto forte das conquistas recentes. São equipes que despontam com muita garra e determinação à prática da modalidade, impactando na vida pessoal de cada atleta e contribuindo para o desenvolvimento do esporte coletivo no Brasil.

Para o próximo ano, o Instituto pretende ampliar o Projeto Canoa para Tod@s, dar sequência na participação dos campeonatos e estreitar laços com a comunidade caiçara, a fim de estimular a realização de vivências com as Canoas Polinésia e Caiçara: “O ano de 2018 foi um ano difícil para todos nós, ao mesmo tempo muito especial para o Instituto São Sebá Va’a. Conseguimos ampliar nosso projeto de maneira expressiva, levamos a canoa a centenas de moradores da cidade e a canoa levou São Sebastião a outras milhares de pessoas em cada campeonato que participamos, sempre com grande destaque. Pra fechar com chave de ouro, fomos selecionados para receber uma etapa do Campeonato Brasileiro. Portanto, fazemos um balanço positivo deste ano e nos preparamos para que 2019 seja ainda melhor”, seguiu Robson Bitencourt.

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones