Velejadores da RS:X levam Brasil ao top 10 do Mundial da Juventude

0
499
Foto: Robert Hajduk

Com os dois velejadores da classe RS:X no top 10, o Brasil encerrou nesta sexta-feira, dia 19, a participação do Mundial da Juventude, em Gdynia, na Polônia. Filha do medalhista olímpico Bruno Prada, Giovanna Prada, de Ilhabela, ficou na sexta colocação na disputa feminina, com 81 pontos perdidos. Já o gaúcho Guilherme Plentz terminou em nono lugar no masculino (120 p.p.).

Em 2020, o Mundial da Juventude vai ser disputado na Base Naval de Aratu, em Salvador, na segunda semana de dezembro. Será a segunda vez que a competição acontecerá em águas brasileiras. A primeira foi em Búzios 2009.

“O campeonato na Polônia foi difícil, com 66 países, muitas equipes bem preparadas e condições variadas. O Brasil conseguiu ganhar regatas em classes diferentes e isso mostrou o potencial dos atletas. Serviu como preparação para o Mundial do ano que vem na Bahia, em que esperamos contar com uma equipe forte para disputar com potências como Inglaterra, França, Itália, Espanha e Estados Unidos”, afirma Juan Ignácio Sienra, coordenador técnico da Vela Jovem.

LEIA TAMBÉM
>>Raia cheia na 46ª Semana de Vela de Ilhabela
>>Aluna da Escola de Vela de Ilhabela divide barco com Lars Grael
>>Estaleiro americano MasterCraft reformula linha de lanchas para wake

Aos poucos, os dois velejadores brasileiros da RS:X vão consolidando seus nomes no cenário da Vela Jovem. Em 2018, Giovanna e Guilherme participaram dos Jogos Olímpicos da Juventude, em Buenos Aires. Agora, acrescentam o top 10 do Mundial no currículo.

Ao todo, o Brasil foi representado por 12 jovens atletas, nas classes RS:X (masc. e fem.), 420 (masc. e fem.), Laser Radial (masc. e fem.) e 29er (masc. e fem.).

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.