Robert Scheidt e Gabriel Borges estreiam novo barco no Campeonato Europeu de 49er

0
1957
Foto: Divulgação

Robert Scheidt e Gabriel Borges têm motivação extra para a reta final da temporada 2017 do iatismo internacional. O bicampeão olímpico e seu proeiro contam com um barco novo desde a última semana. A estreia do novo equipamento será no Campeonato Europeu da classe 49er, disputado de 27 de julho a quatro de agosto no Kieler Yacht-Club, em Kiel, na Alemanha.

“Usávamos um barco do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e da Confederação Brasileira de Vela (CBVela) que era de 2014. Por isso, optamos por adquirir um barco 100% nosso. Claro que um equipamento novo sempre é melhor. É mais rígido. Tende a performar mais. Não existe uma diferença gritante, mas existe. Ainda mais porque temos também um mastro e vela novos. E o kit todo tende a dar um resultado melhor em termos de velocidade”, afirma Scheidt, que completa que “é uma motivação a mais. Porém, sabemos que o principal continua dependendo da gente, da maneira como vamos velejar”.

Robert explica que a dupla precisará de tempo para se adaptar ao novo barco. Por isso, seguiu para Kiel no último domingo.

“Teremos uma ferramenta melhor para competir no Europeu isso é muito bom, mas sabemos que tudo é um processo. Quando pegamos o novo 49er, precisamos de três a quatro dias de trabalho para ajustes, como alinhar o leme com a bolina, por exemplo. Mas já colocamos o barco na água, no Lago di Garda (na Itália) e ele rendeu bem. Agora é velejar mais em Kiel para aprimorar ao máximo até o campeonato”, explica o bicampeão olímpico.

Aos 44 anos e consagrado na Star e Laser, Scheidt disputa sua primeira temporada na 49er. O maior medalhista do Brasil em Olimpíadas, com cinco pódios, encara o desafio de velejar em um barco maior, mais veloz e com estratégias diferentes a fim de iniciar um novo ciclo olímpico, visando os Jogos de Tóquio-2020. Com isso, sabe que as dificuldades fazem parte do processo de adaptação às características da nova classe.