Barcos de Ilhabela e Ubatuba lideram primeiro fim de semana do Circuito Ilhabela 

0
261

O Yacht Club de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, recebeu, neste fim de semana, a 1ª etapa da Copa Mitsubishi – XXI Circuito Ilhabela de Vela Oceânica.

Com duas regatas, uma no sábado e outra no domingo, 27 barcos fizeram uma boa disputa no Canal de São Sebastião, com vento Leste no sábado e Sudoeste no domingo. No sábado, foram 23 milhas de percurso, que passou pela praia da Fome e, no domingo, foram cinco pernas de percurso pelo canal de São Sebastião, com ventos de até 25 nós.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

Na principal classe, a ORC, o barco Xamã F1 Sales, do Yacht Club de Ilhabela, dominou as ações, venceu as duas regatas e pulou na frente na disputa com dois pontos perdidos. O veleiro é o atual campeão Brasileiro da classe IRC e vencedor da última etapa da Copa Mitsubishi no ano passado. É comandado por Sérgio Klepacz e a tripulação conta com os caiçaras locais Atanawe Boechat e Paulo Tinah Jesus, que reformaram o veleiro no ano passado, após o mesmo ter sido abalroado e parcialmente destruído no fim de 2019.

Na segunda colocação, ficou o Rudá Blue Seal, do Clube Internacional de Regatas, de Santos, comandado por Mario Martinez, com um terceiro e um segundo, somando cinco pontos perdidos. O Zorro, do Yacht Club de Ilhabela, está em terceiro com sete pontos perdidos, com Gonçalo Sá liderando.

“Tivemos um fim de semana com ventos fortes que é a condição que o Xamã está preparado para essas condições, tripulação muito bem treinada. Tivemos um balão que estourou, por sorte tínhamos outro e conseguimos ter boa performance neste domingo também. Fizemos dois primeiros lugares . Vamos ver o que reserva o final do campeonato para continuar na briga para manter nossa posição”, disse Sérgio Klepacz.

Na classe C-30, o Caballo Loco, de Mauro Dottori, venceu as duas regatas e lidera com dois pontos perdidos. O barco do clube tem dois pontos perdidos e está a frente do Kaikias, de Eduardo Mangabeira, com seis pontos perdidos e do Kairós, de Alessandro Penido, com sete pontos perdidos.

Leia também

» Semana Internacional de Vela de Ilhabela está confirmada para 2021

» Dupla de velejadores brasileiros chega à última etapa de treinos para as Olimpíadas em Tóquio

» Brasileiros da Classe Optimist estão na Europa em busca de medalhas

Na BRA-RGS, o veleiro Beleza Pura, do Ubalegria, do Ubatuba,venceu as duas regatas e lidera a frente de Boccaluppo e do Criloá, veleiro com tripulação totalmente feminina.

“Foi show. Um clássico fim de semana em Ilhabela com leste no sábado e sudoeste no domingo, regatas bem montadas, diferentes das mais batidas”, disse Felipe Ferraz, comandante do Beleza Pura. “Nossa expectativa é que tenhamos ventos bons iguais a esses e percursos diferentes e que continuemos o bom treino que é esta competição para a 48ª Semana de Vela de Ilhabela (24 até 31 de julho)”, finalizou.

A competição segue no próximo fim de semana com mais dois dias de regatas e definições dos campeões.

Confira os Resultados Parciais da 1ª etapa

ORC 

1 – Xamã F1 Sales – 2 pontos perdidos

2 – Rudá Blue Seal – 5 pp

3 – Zorro – 7 pp

4 – Asbar IV – 8

5 – Inaê 40 – 10

6 – Lucky V – 12

7 – Zeus – 17

8 – Aventador – 17

9 – Montecristo – 21

10 – BL3 Urca – 22

11 – King – 23

12 – Boto V – 26

13 – Jazz – 26

14 – Orson – 32

15 – Sextante I – 32

BRA-RGS

1 – Beleza Pura 2 – 2

2 – Boccaluppo – 7

3 – Criloá – 7

4 – Brazuca – 10

C-30 

1 – Caballo Loco – 2

2 – Kaikias – 6

3 – Kairós – 7

Bico de Proa 

1 – ZAP – 2

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

NHD