Velejador resgata oponente na Vendée Globe após uma onda partir o barco em dois. Confira

0
875
resgate vendée globe

Siga nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

Os velejadores franceses Kevin Escoffier e Jean Le Cam disputavam a regata mais difícil do mundo, a Vendée Globe, quando Escoffier teve seu barco dividido em dois por uma onda no Cabo da Boa Esperança, África do Sul. O acidente aconteceu na segunda-feira, 30, e depois de 11 horas à deriva em um bote salva-vidas, no litoral africano, o competidor foi resgatado por Le Cam, que desviou sua rota em socorro ao concorrente.

resgate vendée globe
Kevin Escoffier

Os barcos participantes, que só podem ter um tripulante cada, devem percorrer 24 296 milhas náuticas para completar o percurso. Escoffier, de 40 anos, conta que “em quatro segundos, o barco mergulhou de frente e a proa dobrou a 90 graus. Eu entrei na cabine porque uma onda estava chegando. Tive tempo de enviar uma mensagem de texto antes que a onda fritasse o sistema elétrico. Foi uma loucura total”.

resgate vendée globe
Kevin Escoffier antes do naufrágio

Ao receber a mensagem de socorro, os próprios organizadores notificaram Jean Le Cam para que fosse em missão de resgate, já que ele era o competidor mais próximo. Le Cam, de 61 anos, apesar de já ter feito contato visual e sonoro com Escoffier, precisou de várias tentativas até conseguir driblar os ventos fortes e grandes ondas até resgatar o náufrago. Eles tiveram êxito logo nas primeiras horas de terça-feira, 1, e Kevin Escoffier conta que não se assustou em momento algum.

“Eu disse a mim mesmo que ficaria de prontidão e esperaria pela luz do dia. Depois pensei que no escuro poderia ser mais fácil ver sua luz. Em um momento em que eu estava no convés, vi um clarão, mas na verdade era um reflexo que brilhava de uma onda. No entanto, quanto mais me aproximava da luz, mais eu a via. É incrível porque você passa do desespero para um momento irreal em um instante”, explica Le Cam.

resgate vendée globe
Jean Le Cam

Leia também

» Primeira circum-navegação brasileira aconteceu em 1881, a bordo de uma corveta. Confira

» Mergulhador fica quase seis dias embaixo d’água no Egito. Entenda

» Vapor Benjamim Guimarães tem parte submersa durante operação de retirada do Rio São Francisco

Jean Le Cam já havia passado pela mesma situação, em 2009, depois de resistir a 16 horas em seu iate virado. No caso de Escoffier, os organizadores optaram por garantir o salvamento ao notificar mais três concorrentes do acidente. No entanto, todos eles foram liberados para retornar à corrida assim que Escoffier se encontrou em segurança. As horas perdidas serão deduzidas no tempo final de cada competidor.

resgate vendée globe
Veleiro de Escoffier

“Estava escuro, as condições eram difíceis, mas finalmente o resultado foi quase um milagre. Não foi fácil pegar Kevin no meio da noite, Jean é um velejador extremamente experiente e sempre seguiu ao pé da letra nossas instruções. Tivemos muitas dúvidas, muitas opiniões diferentes. Tínhamos que ser positivos o tempo todo e acreditar nas coisas. Tivemos sorte, ela estava do nosso lado”, explica Jacques Caraes, o diretor da prova.

No vídeo abaixo, legendado em inglês, a Vendée Globe registra os relatos do resgate realizado por Jean Le Cam:

Por Naíza Ximenes, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.