Confira as precauções que todo navegador deve ter para não se tornar uma vítima da pirataria

0
452
pirataria

O que você pode fazer, sem esforço nem sacrifício, para evitar os assaltos a barcos e continuar navegando tranquilo

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

1. Evite chegar à marina com ostentações
Celulares e eletrônicos mais avançados já estão chamando a atenção dos piratas, que, às vezes, mantém “olheiros” na região onde os barcos ficam guardados.

2. Atenção ao desembarcar
Com os ocupantes distraídos pela ação de desembarque, fica até mais fácil para os ladrões agirem. Antes de atracar num píer e pôr os pés em terra-firme, não custa nada fazer como fazemos ao sair de casa: checar movimentos suspeitos.

3. Escolha muito bem o seu marinheiro
Não são raros os casos de informações passadas aos ladrões, que facilitam os ataques — às vezes, até involuntariamente pela tripulação. Opte por marinheiros discretos e que tenham boas referências.

pirataria

4. Apague tudo a bordo
Se notar um barco suspeito se aproximando à noite, desligue tudo: som, tv e, principalmente, luzes. Isso mostrará aos ladrões que você já notou a presença deles. E, mesmo que mantenham o intuito, no escuro será mais difícil, o que pode levá-los a desistir.

5. Ao partir, evite dizer para onde está indo a muita gente
E diga ao seu marinheiro para fazer o mesmo. Informe apenas à marina, como manda a segurança e o bom-senso e, melhor ainda, com seu plano de navegação por escrito, que é o mais correto e adequado do que a chamada pública no rádio vhf.

6. Mantenha contato frequente pelo rádio com barcos próximos
Serve para tranquilizar você e os outros também. Caso alguém passe a não responder aos chamados, desconfie.

7. Desconfie se o seu barco for seguido por muito tempo
Pode ser apenas coincidência, mas, se ele se aproximar demais, é prudente mudar temporariamente de rumo.

8. Reduza e cheque antes de parar
Ao receber um pedido de ajuda, cheque primeiro se ele realmente está em apuros. Uma boa maneira de fazer isso é, antes de parar totalmente seu barco para ajudar, rodear a embarcação, a certa distância e velocidade.

9. Desconfie na medida certa
Na água, os donos de barcos tendem a adotar uma mentalidade inocente e achar que todos à sua volta são companheiros, só porque estão no mesmo ambiente.
Desconfie especialmente de supostos barcos de pescadores.

10. Quando for dormir a bordo, leve o cachorrinho junto
Animais têm sentidos bem mais apurados que os nossos e latidos ainda são um ótimo alarme.

Leia também

» Tudo o que você precisa saber para enfrentar as ondas numa boa

» Manutenção de barcos: tudo o que você precisa saber

» Como navegar à noite: confira algumas dicas para sair em segurança

11. Use o radar como alarme
Se o seu barco tiver um, é possível ajustá-lo para ecoar um aviso sonoro caso algum barco chegue muito próximo ao seu. Use este recurso mesmo quando estiver em movimento.

pirataria

12. Tenha sempre algum dinheiro a bordo
Ladrões costumam ficar irritados quando não encontram nada do que buscam. Algum dinheiro em espécie pode deixá-los menos nervosos. Vale muito mais perder alguns trocados do que arriscar a integridade de todos a bordo.

13. Evite áreas onde já houve casos
Nas abordagens a barcos, os bandidos tendem a repetir os locais de ataques, porque já criaram rotas seguras de fuga. É raro haver um caso só; são sempre vários.

14. Recolha e guarde a bordo o seu bote inflável
Além de ser um dos itens mais visados pelos ladrões, ele pode ser usado para ajudar na fuga dos próprios bandidos.

15. Desconfie se for abordado com muitas perguntas
Mesmo que elas venham de supostas “autoridades”. Autoridades de verdade só checam documentos e material de salvatagem.

16. Beba pouco ou mantenha alguém sóbrio a bordo
Bebidas alcoólicas reduzem a percepção, os reflexos e a capacidade de atenção e vigilância. Além de tornar alguém embriagado perigosamente inconveniente para os bandidos.

17. Não fique mais do que uma noite ancorado no mesmo local
Isso impedirá que os mal-intencionados tenham tempo de criar um plano de ataque.

18. Tranque a cabine quando desembarcar ou for dormir
Faça isso especialmente em dias de tempo ruim, porque os ladrões sabem que, com chuva e frio, a vigilância diminui. Mesmo nas marinas.

pirataria

19. Se for dormir a bordo, fique junto a outros barcos
A presença de mais de um barco no mesmo local tende a inibir a ação dos bandidos — mas não impede que eles passem de um barco para outro. Portanto, mesmo assim, fique atento à noite.

20. Nos pernoites, opte por águas bem tranquilas
Assim é mais fácil ouvir remadas ou um motor de popa vindo ao longe.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Hindy - Rifaina