Polícia militar troca viaturas por canoa e lancha no período da cheia em Anamã, no Amazonas

0
302

Policiais Militares do 3° Grupamento de Polícia Militar (GPM) já estão utilizando canoas, rabetas e lanchas em seu policiamento diário, para atender às ocorrências durante o período da enchente deste ano, no município de Anamã (distante a 165 quilômetros de Manaus).

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

O comandante do 3° GPM, Tenente PM Everton Lima, informou que durante a cheia do rio Solimões, as ruas do município são tomadas pelas águas, e dependendo do nível da enchente, a cidade pode ficar com suas vias completamente submersas, fazendo com que a cidade fique conhecida como “Veneza do Amazonas.”

Leia também

» Tradicional estaleiro francês apresenta projeto de catamarã movido a hidrogênio

» Estaleiro espanhol apresenta nova linha de lanchas equipadas com motores de popa

» Conheça o megaiate holandês lançado há anos e visto como um marco até hoje

“Todo ano a população é afetada pela cheia, e nesse período algumas ruas só tem acesso de pés, com água na altura do joelho, em outras, os moradores usam canoas, rabetas e lanchas, e se tratando dessa realidade, é imprescindível empregar esses meios de transporte para que os policiais militares possam continuar no mesmo ritmo, efetuando policiamento ostensivo na área da cidade e, também, em todos os limites do município”, explicou.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Web Tecnologia