Beach Club Sea Pool transforma oceano em uma piscina privada

0
1206

Siga o nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

Imagina querer nadar no meio do oceano e ter uma piscina para aproveitar esse momento? Isso já é possível!

O Beach Club Sea Pool foi criado como uma maneira confortável para os hóspedes desfrutarem de nadar no oceano durante a experiência em um superiate. Contando com uma área de convés estendida e espreguiçadeiras ergonômicas para banhos de sol, a piscina natural possui também uma barreira ao seu redor para ajudar a manter as águas-vivas e outros animais aquáticos afastados, e a área fechada impede que hóspedes e crianças flutuem muito longe na corrente.

“Eu me aproximei de algumas empresas para mostrar a ideia de uma piscina para a parte de trás do iate”, explica o capitão Paul Clarke, da M Loon, para um jornal americano. “Eu tinha uma piscina em outro barco e era um recurso muito legal, porém eu também queria uma área de lounge adjacente para que pudéssemos estender e maximizar o uso da plataforma de natação do iate”.

LEIA TAMBÉM
>> Vem aí o São Paulo Boat Show 2020 em um lugar inédito!
>> Tubarão devora outro em praia de Palm Beach, na Flórida. Assista ao vídeo
>> Novo iate mais rápido do mundo? Barco de 130 pés promete chegar aos 90 nós

De acordo com o capitão Clarke, a piscina melhorou verdadeiramente a experiência dos hóspedes a bordo. “Os hóspedes adoram tanto que não querem mais desembarcar porque estão descansando à beira da piscina”, acrescenta. “É melhor para as famílias, porque as crianças podem estar contidas na área da piscina e, se o iate ancorar, elas permanecerão dentro dos limites do iate. Descobrimos que os pais ficam mais relaxados enquanto as crianças brincam na água”.

Com uma variedade de configurações, a piscina do mar pode ser instalada na parte traseira da plataforma de natação de qualquer iate ou ao lado do mesmo. A adição do SeaStairs (escadas que levam até o mar) pode ajudar os hóspedes a entrar e sair da água e todas as piscinas vêm com alças e cordas para auxiliar o nadador e, é claro, uma bomba elétrica. O capitão Clarke descreve o processo de inflação como extremamente eficiente, levando menos de cinco minutos da âncora que cai até a piscina estar pronta para o uso. Isso significa que os hóspedes podem ir direto para a água assim que chegarem a uma ancoragem.

Por Amanda Ligorio, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

Gostou desse artigo? Clique aqui para se inscrever no nosso serviço gratuito de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

PUB Marine Express - 02/07/2020