Arquiteto naval inglês apresenta novo projeto de veleiro de 60 pés sustentável

0
193

O arquiteto naval e designer de iates Philippe Briand, com escritório no Reino Unido, apresentou seu novo conceito de superiate à vela, o SY200. Totalmente auto-suficiente em termos de requisitos de energia, a embarcação de 60 m (200 pés) poderá aproveitar a potência equivalente a 2 000 kW em suas velas em condições ideais de vento. O SY200 capturaria parte dessa energia cinética através do movimento de turbinas subaquáticas enquanto navega.

“Queremos trabalhar ao lado dos proprietários para criar a máquina de energia renovável perfeita, usando apenas energia eólica, água e solar para dirigir o iate e proporcionar uma experiência excepcional”, disse Briand.

O SY200 foi projetado para atingir uma velocidade máxima de mais de 20kt em condições ideais, e a eficiência hidrodinâmica do iate significa que mais energia pode ser aproveitada pelas turbinas subaquáticas para carregar as baterias a bordo. Teoricamente, se 50% da energia for capturada pelas turbinas, ela forneceria energia equivalente a de um gerador de 500kW, mantendo uma velocidade em torno de 15kt.

Briand escolheu um veleiro para complementar o casco contemporâneo com sua proa levemente invertida. Com seu mastro de proa se elevando a 83,5 m acima da linha de flutuação, a área de vela a favor do vento do SY200 é de 2 000 m², enquanto a área de vela a favor do vento é de mais de 3 000 m².

LEIA TAMBÉM

Briand diz que sua motivação para projetar o SY200 foi criar um iate zero emissões ao viajar de porto em porto. A energia armazenada no banco de baterias de 20 toneladas a bordo permitiria que o iate fosse alimentado silenciosamente enquanto ancorado.

O SY200 também oferece um estilo de vida sofisticado a bordo. Com o convés principal em um nível, 80% do comprimento do iate é protegido por um teto de vidro e capota rígida. A clarabóia sobre esta área oferece uma visão desobstruída para frente e para cima da vela e da plataforma acima.

O interior possui quatro camarotes de hóspedes e uma suíte de proprietário com acesso direto e privado ao mar. Os conceitos iniciais da decoração do iate baseiam-se na aplicação de matérias-primas puras e serão concluídos pelo designer de interiores do proprietário.

O SY200 foi projetado para ter menos de 500 GT, o que minimiza seu peso e custo de manutenção.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.