O trimarã pernambucano Patoruzú é bicampeão da Recife-Noronha

0
556

Favorito para conquistar a Fita Azul na Regata Internacional Recife-Fernando de Noronha — a Refeno, que este ano chegou à sua 31ª edição —, o trimarã pernambucano Patoruzú não decepcionou a torcida local. Em uma perfeita combinação de resistência e velocidade, o barco comandado por Higínio Luís Marinsalta (empresário argentino residente no Recife há mais de três décadas e apaixonado pelo mar) cruzou a linha de chegada na praia do Boldró, em Noronha, com o tempo de 27h45min35seg, sagrando-se bicampeão da maior regata oceânica disputada em águas brasileiras – além disso, chegou em segundo lugar por duas vezes, em 2015 e 2017, perdendo nas duas oportunidades para o gaúcho Camiranga, ausente nesta edição da Refeno.

A chegada, pelo leste da Ponta da Sapata, foi cronometrada às 18h15min35 (horário local), coincidindo com o inesquecível pôr do sol da na ilha mais bonita do Brasil.
O segundo a concluir o percurso de cerca de 300 milhas foi o histórico Atrevida (um Herreshoff Schooner de 29 metros de comprimento), comandado por Alexandre Ferrari, que cravou 29h52min32seg.

Fotos: Everest Imagens

Ao todo, 752 tripulantes, a bordo de 95 embarcações, participaram da prova, que nasceu para ser grande e cumpre o seu papel. A expectativa é que a maioria deles conclua a regata nesta segunda-feira, dia 14.

Organizada pelo Cabanga Iate Clube de Pernambuco, a Refeno foi criada em 1986. O recorde da competição é do veleiro Adrenalina Pura, da Bahia, com a incrível marca de 14h34min54, registrada em 2007.

Chegada da 31ª Refeno

1º – Patoruzú – 27h45min35
2º – Atrevida – 29h52min32
3º – Sagma – 30h06min02
4 – Algo + – 31h18min22
5 – Boto V – 32h22min17

Horário de Brasília

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.