Edição 2020 do Paris Boat Show é cancelada na França devido à Covid-19

0
274

Siga nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

O cancelamento da edição 2020 do Paris Boat Show (Nautic Paris) foi oficializado nesta quinta-feira, 24, com anúncio do Ministro da Saúde francês, Olivier Véran. A Federação Francesa das Indústrias Marinhas FIN (La Fédération des Industries Nautiques) afirma que foi forçada a prorrogar o evento devido a uma série de medidas mais restritivas divulgadas em Paris.

Dentre as providências de contenção ao contágio da Covid-19, o ministro reiterou a necessidade de reduzir a quantidade máxima de pessoas permitidas em eventos de grande porte, atualizando este número de 5 mil para mil. A Federação diz que, apesar de ser um infortúnio, tanto o contexto de saúde pública quanto a nova regra não permitem que o organizador sequer considere a realização do Paris Boat Show este ano.

paris boat show

Todos os anos, no início de dezembro, a Nautic Paris atrai mais de 200 mil visitantes e mais de 800 expositores no Porto de Versailles. Considerando esses números, a FIN havia apresentado uma medida provisória para remediar o cancelamento do evento náutico. Nela, a Federação sugeria ao Estado francês a realização de três eventos, com uma gestão de fluxo estrita, que permitiria respeitar ao número máximo de visitantes por show. De acordo com a FIN, ela garantia que tanto os profissionais quanto os turistas evitassem os riscos para a saúde. Todavia, com a revelação dos últimos protocolos de saúde pública, nem mesmo essa proposta pôde ser aprovada.

Leia também

» Schaefer Yachts exporta lancha de 30 pés para Osaka, no Japão

» Torcida do Internacional usa barco para apoiar o time antes do clássico Gre-Nal pela Libertadores

» 70ª edição da Regata Santos-Rio tem data confirmada e contará com grandes nomes da vela

paris boat show

“As novas medidas não nos deixam mais escolha”, explica o presidente da FIN, Yves Lyon-Caen. “As consequências serão graves, principalmente para os expositores e aqueles que consideram as feiras momentos chave para seu volume de negócios. As feiras de outono e inverno são verdadeiros locais de transações, onde 70% dos pedidos anuais são processados, ou seja, marcos essenciais em nosso ecossistema econômico. Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para continuar a fornecer a melhor assistência possível a todas as empresa do setor náutico francês para superar esta nova provação e se preparar para o futuro em 2021”.

Em um comunicado, a Federação elucida que “a França é um grande país náutico. Mais de 11 milhões de nossos concidadãos praticam esportes aquáticos ou recreação. Para apoiar a atividade, preparar-se para a próxima temporada de verão, promover a oferta de territórios náuticos — tanto no litoral como no interior — na França e no exterior, queremos oferecer uma solução inovadora aos stakeholders do turismo náutico nos próximos dias”. E é baseada nesse mercado que a FIN planeja lançar um evento digital chamado “turismo, territórios, destinos náuticos e inovação” nos próximos dias. A competição nacional de inovação náutica é outra que pode se beneficiar de uma versão digital este ano.

paris boat show

De acordo com a FIN, o setor náutico francês é composto por mais de 5 500 empresas, 45 mil empregos diretos e 100 mil empregos indiretos nas regiões. “Se quisermos manter nossos empregos, nossas particularidades, nossa liderança em nível internacional, devemos trabalhar com o governo em um plano para revitalizar o setor”, diz Lyon-Caen. “Envolveremos todos os empreendedores voluntários e os nossos parceiros como autoridades locais, associações de marinas ou o movimento desportivo náutico. Há muita inteligência dentro da indústria náutica, um grande número de inovações e um compartilhamento de valores. Esta dinâmica deve agora ser posta a serviço da recuperação. Vamos enfrentar isso juntos”.

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

Teste Intermarine 62 YT - 19/06/2020