Paraná revela planos para ser um dos primeiros do país no turismo embarcado

0
596

Que privilégio, para quem tem paixão pelos barcos, o de poder viver no Paraná. O.K.: o estado tem o segundo menor litoral do país. Mas isso não quer dizer nada perto das atrações que sua costa apresenta. São duas lindas e bem preservadas baías (a Baía de Paranaguá, com paisagens ainda virgens e muitas opções de passeios para quem chega de barco, como o Canal do Varadouro, Antonina e Guaraqueçaba; e a Baía de Guaratuba, de exuberância ambiental muito grande, no litoral sul do estado), que colocam muita água terra adentro, e uma ilha deliciosa até no nome: a Ilha do Mel, um dos melhores destinos de ecoturismo do Brasil.

Só isso já seria suficiente para deixar qualquer navegante entusiasmado. Mas tem muito mais. Porque água é o que não falta nos domínios paranaenses, de rios caudalosas e represas generosas a um verdadeiro mar de água doce chamado Lago de Itaipu, formado artificialmente, em 1982, pela submersão do Salto das Sete Quedas. “O Paraná é uma ilha”, defende a arquiteta e urbanista Isabela Tioqueta, da Paraná Turismo, referindo-se ao fato de o estado das araucárias estar cercado de água por todos os lados. Tem água no Litoral (mar, ilhas, praias e baías), na região Oeste (rios, cataratas e Lago de Itaipu) e na região Norte (praias de águas doces, rios e grandes represas), além de ter rios, grandes cachoeiras e um enorme cânion no centro.

Um dos lugares de maior vocação para o turismo náutico na ilha paranaense é um paraíso que serve de berçário à vida do Atlântico Sul e, junto com a Mata Atlântica, e abriga uma das maiores biodiversidades do Brasil: o Lagamar, uma faixa costeira de 200 quilômetros, entre São Paulo e o Paraná, repleta de maravilhas naturais. “Para protegê-la e, ao mesmo tempo, apresentá-la como um dos destinos náuticos mais especiais de mundo, foi assinado em agosto um termo de cooperação entre três estados, São Paulo, Paraná e Santa Catarina, chamado Projeto Grande Reserva Mata Atlântica” conta Isabela Tioqueta. Cada estado tem uma pauta cumprir, nesse projeto. Na dos paranaenses, está a reforma de 14 trapiches e a construção de um Terminal de Cruzeiros em Antonina, entre outras.

Para ajudar os visitantes do São Paulo Boat Show 2019 a conhecer alguns dos melhores lugares do Brasil para navegar, o salão náutico paulista apresentará a segunda edição da exposição Destinos Náuticos, um espaço exclusivamente criado para promover localidades com vocação náutica. São lugares com atrativos para todos os gostos.

O maior salão náutico indoor da América Latina chega em sua 22ª edição em 2019, reunindo os principais lançamentos e destaques do setor em um só lugar. São iates, lanchas, veleiros, jets, motores, equipamentos, acessórios e muito mais para o público acompanhar até a próxima terça-feira, 24 de setembro, no São Paulo Expo.

Como já é tradição, o Espaço dos Desejos traz os lançamentos dos produtos mais cobiçados do mercado de luxo, de relógio a helicóptero. No pavilhão Destinos Náuticos, os visitantes poderão conhecer lugares paradisíacos e participar de um bate papo com velejadores sobre suas viagens incríveis. Por mais um ano, o PADI Dive Festival acontecerá simultaneamente ao São Paulo Boat Show, apresentando produtos, serviços, palestras e atrações voltadas para o mergulho. O São Paulo Boat Show traz, ainda, a mostra Tesouros Náuticos, com cerca de 20 barcos clássicos, entre lanchas e veleiros, para o público conhecer e se encantar. O São Paulo Boat Show 2019 tem organização Boat Show Eventos, patrocínio Bradesco Private Bank, co patrocínio Metalu Brasil, e com apoio da Revista Náutica e da Acobar.

São Paulo Boat Show 2019
Data: De 19 a 24 de setembro
Local: São Paulo Expo
Horários: 19/9, das 15h às 22h
Dias de semana, das 13h às 22h
Fim de semana, das 12h às 22h
24/9, das 13h às 21h

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.