Atletas brasileiros sobem na reta final e se aproximam da liderança no Pan

0
362
Foto: Gabriel Heusi

As competições de vela chegam aos momentos de definição em Paracas, sede da competição nestes Jogos Pan-Americanos, e quanto mais próximo da decisão melhor tem sido o rendimento dos velejadores Bruno Fontes (Laser Standard) e Matheus Dellagnelo (Sunfish). Nesta quarta-feira, aproveitando as boas condições de vento, foram realizadas três regatas para cada classe e os atletas do Iate Clube de Santa Catarina se aproximaram ainda mais da tão sonhada medalha de ouro.

Bruno Fontes foi o velejador mais consistente na classe Laser Standard e após as duas vitórias conquistadas nas regatas de terça seguiu velejando com velocidade e largando bem para diminuir ainda mais a diferença para o líder Charlie Buckingham (EUA). Com as três regatas desta quarta-feira, a vantagem agora é de apenas dois pontos com Bruno somando 3º, 1º e 2º.

“Consegui largar bem nas três regatas e aproveitei que o vento foi ganhando força para conquistar bons resultados. Na primeira foi com condição um pouco mais fraca, com pequena vantagem para o americano e o guatemalteco. Na segunda me posicionei bem, montei na frente e venci velejando bem. Já na terceira, o segundo lugar foi muito importante, pois estava atrás e no último popa consegui passar vários adversários para fechar em segundo”, afirma Bruno.

LEIA TAMBÉM
>>Confira em primeira mão a nova Real 600 que estará no Boat Show
>>Incêndio atinge barcos em vagas molhadas na Marina Piratas, em Angra
>>Atleta de motosurf conquista para mais um troféu para o Brasil 

Matheus Dellagnelo também teve um dia bem positivo e agora divide a liderança com o canadense Luke Ramsay. Matheus obteve dois segundos lugares e um oitavo (descarte) para empatar com o concorrente na disputa pelo ouro.

“Mais um dia longo aqui em Paracas. Primeira regata de vento mais fraco, mas onde tive um bom rendimento. Na segunda o vento aumentou, mas em um descuido acabei tomando bandeira amarela e fui lá para trás. A última foi com vento forte e mais uma vez velejei bem chegando em segundo. Empatei com o canadense e agora é ir para cima neste último dia antes da Medal”, explica Matheus.

Com oito das dez regatas previstas realizadas as disputas de Laser Standard e Sunfish prosseguem nesta sexta-feira com a realização das duas últimas regatas da primeira fase. Ao final, os dez mais bem classificados avançam a Medal Race, que vale pontuação dobrada e não entra para o descarte. A regata da medalha de Laser Standard ocorre na sexta-feira (09) e a de Sunfish no sábado (10).

Classificação das classes com velejadores catarinenses no Pan:

Sunfish:
1º Luke Ramsay (CAN) – 18pp
2º Matheus Dellagnelo (BRA) – 18pp
3º Conner Blouin (EUA) – 28pp
4º Renzo Sanguineti (PER) – 28pp
5º Jonathan Martinetti (EQU) – 37pp
6º Diego González (CHI) – 38pp
7º David Hernandez (GUA) – 41pp
8º Martin Alsogaray (ARG) – 43pp
9º Simon Gomez (COL) – 51pp
10º Héctor Guzman (MEX) – 62pp

Laser Standard:
1º Charles Buckingham (EUA) – 20pp
2º Juan Maegli (GUA) – 20pp
3º Bruno Fontes (BRA) – 22pp
4º Stefano Peschiera (PER) – 29pp
5º Enrique Arathoon (ELS) – 37pp
6º Andrew Lewis (TTO) – 42pp
7º Robert Davis (CAN) – 50pp
8º Yanic Gentry (MEX) – 54pp
9ºJuan Bisio (ARG) – 60pp
10º Ignacio Rodriguez (URU) – 65pp

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

 

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.