Optimist na represa

0
2784

No início de junho (7), foi a realizada a primeira regata na Raia 4 Solo Sagrado/ Farol do Pirata, uma área ainda pouco explorada por velejadores, com apoio do Yacht Club de Santo Amaro (YCSA) e a Federação de Vela de São Paulo (Fevesp) .

A prova contou com 26 Optimists e jovens velejadores com idades entre 6 e 16 anos. Além de troféus, os ganhadores ainda participaram dos sorteios de um aparelho de TV e quatro bicicletas. Para os adultos, foram sorteados cursos de Arrais, a habilitação para conduzir embarcações.

Lars Björkströn, campeão na classe Tornado durante os Jogos Olímpicos de Moscou, em 1980, prestigiou o evento, foi homenageado pelos Piratas do Farol e ainda dividiu sua experiência com os pequenos velejadores. Segundo ele, o iatismo é um esporte ecológico, não exige tanto preparo físico, o nível de perigo é desprezível e pode ser praticado em qualquer idade. Além disso, é muito útil para estimular a independência e responsabilidade na criança. Em alguns países o iatismo é também largamente usado para estimular o trabalho em grupo, completou. Vale lembrar que a seleção alemã de futebol passou por um trabalho desse tipo num veleiro, antes do início dos jogos da Copa FIFA/Brasil.

A ideia, segundo William B. Silva, organizador do evento foi incentivar a dedicação ao esporte que oferece desafios reais, proporciona contato maior com a natureza e ensina a respeitá-la. Entre os participantes estava também Fernanda Fernandes Silva, considerada a mais jovem velejadora do país.  A garota iniciou no esporte antes dos 5 anos, incentivada pelo pai. Hoje, aos 8 tem seu próprio Optmist. Só não ganhou ainda autorização para colocá-lo na água sem acompanhamento de um adulto.

Os pais ganharam uma confraternização na margem da represa, com exposição, test drive e venda de produtos náuticos. A regata foi patrocinada pela Remar, Itaipava, Oxford in, Renault Itavema France, Printcast, Prohabitar e Casa do Churrasqueiro, Marmoraria Cruzeiro, PerShow, Tom&Cat e Farol do Pirata. “Acho que contribuímos com o esporte, a educação das crianças e com o meio ambiente. O evento reuniu cerca de 300 pessoas, e, acredite, terminada a festa, a margem estava completamente limpa”, comemorou William.

Veja fotos da competição:

Fotos: Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.