Operação integrada de fiscalização ambiental tem início em Arraial do Cabo

0
399
Foto: Reprodução

Teve início nesta segunda-feira (15), em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, uma operação integrada de fiscalização ambiental envolvendo a Polícia Federal, ICMBio e Ibama, com o objetivo de coibir a captura do Camarão Rosa durante o período de defeso, que vai de 1º de março a 31 de maio.

A operação ocorre na Resex Mar de Arraial do Cabo e suas imediações. Todas as embarcações encontradas no interior da reserva estão sendo fiscalizadas e os infratores, caso sejam flagrados, são multados, além de terem a apreensão da embarcação e do pescado e ainda a prisão em flagrante no caso de prática de crime ambiental.

Até o momento foram autuadas duas embarcações de pesca industrial e os infratores foram conduzidos para Delegacia de Polícia Federal, em Macaé, no Norte Fluminense.

LEIA TAMBÉM
>>Grupo Ferretti apresenta resultados financeiros de 2018
>>Ventura V300: proa aberta ou fechada? Qual você prefere?
>>Sessa Day Sunset agita Angra dos Reis no próximo fim de semana

Além disso, embarcações que estão explorando comercialmente atividade de turismo náutico no interior da Resex Mar, sem autorização do ICMBio também estão sendo autuadas.

As ações não têm hora e nem local certo para acontecer e serão mantidas até o final do defeso, que está previsto para 31 de maio de 2019.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones