Octocampeão

0
2134

O veleiro Wild Oats XI, de nacionalidade australiana, marca, mais uma vez, o seu nome na história de uma das regatas oceânicas mais desafiadoras da atualidade, a Rolex Sydney Hobart Yacht Race. Realizada sempre no “The Boxing Day” (o dia após o Natal), a Sydney-Hobart tem um triste registro em sua história de 70 anos. Na edição de 1998 um temporal acabou tirando a vida de seis velejadores que participavam da competição. Desde então não a regata se tornou uma das mais desafiadoras, por cruzar o imprevisível mar da Tasmânia e também uma das mais temidas. Nas 628 milhas, os veleiros podem encontrar trechos de mar agitado, temporais e ventos fortes.

O Wild Oats XI, que tem um patrono com 86 anos de idade e muito empenho na manutenção do veleiro, que já tem 10 anos, e da equipe, é o veleiro que mais venceu a competição na história. O primeiro título da equipe foi em 2005 e neste ano teve um desafio ainda maior, um veleiro americano que entrou na competição para vencer. O Comanche, com 100 pés e comandado por Casey Smith, colou no Wild Oats XI, mas terminou em segundo lugar. Um feito e tanto para um veleiro que participa pela primeira vez da competição.

Completando o percurso em 2 dias, 2 horas, 3 minutos e 26 segundos, o Wild Oats XI, além de vencer a competição, não superou seu próprio recorde de 1 dia, 18 horas, 23 minutos e 12 segundos conquistado em 2012.

Mesmo sem bater o recorde o proprietário do Wild Oats XI, Robert Oatley, demonstrou extremo orgulho de sua equipe declarando: “É um milagre – um milagre absoluto. É a vitória mais doce, mas todos elas foram doces”. Oatley também confirmou que o veleiro estará de volta em 2015 para tentar mais uma vitória.

Foto: Carlo Borlenghi/Rolex/Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.