Novo executivo da BRP para América Latina projeta Brasil em crescimento

0
3302

Em 2009, o paulista Henrique Rosa deixou a indústria automobilística para cursar um MBA no Canadá. Lá, mudou de empresa e também de área, passando a atuar no mercado náutico, sendo contratado pela canadense BRP — líder global em projeto, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos esportivos e sistemas de propulsão.

Após trabalhar, até este ano, no desenvolvimento de novos produtos da Sea-Doo (marca da BRP para motos aquáticas), em nível global, ele acaba de assumir o posto de gerente de Marketing para a América Latina. Uma de suas primeiras ações no novo cargo foi visitar o São Paulo Boat Show, onde a BRP mantém um estande com seus mais recentes lançamentos e novidades.

“Estou atuando, agora, numa área geograficamente mais restrita, do México à Argentina, porém com uma gama maior de produtos”, diz ele, que continuará mantendo residência no Canadá, mas promete visitar o país natal com mais frequência. “O Brasil estava ladeira abaixo, economicamente, nos últimos dois anos. Agora, se estabilizou e a perspectiva é de crescimento, ainda que tímido”, projeta.

Na opinião dele, outros setores, como a própria indústria automobilística, sofreram mais que o mercado náutico — e a BRP, em especial — com a crise brasileira. “Temos muito orgulho de conseguirmos nos manter em um período tão duro, com poucas baixas e em que até ganhamos eficiência”, analisa Henrique. “Recuperando a economia, as vendas vão crescer”, aposta.

Foto: Doni Castilho/Mundo Press