Operação Verão: saiba quais são as 15 recomendações para uma navegação segura

0
582
Foto: Shutterstock

No auge do verão brasileiro, as embarcações de todos os tipos estão lançadas nas águas, o que aumenta o risco de acidentes. Na última Operação Verão deflagrada pela Marinha, em dezembro passado, pelo menos 15 recomendações são dadas para garantir a segurança na navegação. Durante a posse do novo capitão de Portos de Pernambuco, o capitão de mar e guerra Mário Rebello, na manhã desta terça-feira (21), ele garantiu prioridade para a operação. Ele ocupa o lugar do também capitão de mar e guerra Maurício Bravo.

Chamada de Mares seguros e limpos, a campanha busca conscientizar e fiscalizar o tráfego aquaviário nas áreas de maior concentração de embarcações nos mares, rios e lagos. Como foi lançada em dezembro, visava principalmente o combate à poluição provocada pelo derrame de petróleo no mar na costa nordestina, cujo auge foi registrado em outubro e novembro. Agora, com as férias e o verão, a prioridade se volta para minimizar os riscos de acidentes com embarcações.

Em todo o país, a operação conta com mais de cinco mil militares e servidores civis que atuam nas capitanias, delegacias e agências da marinha. Durante a fiscalização, são observados documentos de embarcação, material de salvatagem (coletes e boias), extintores de incêndio, luzes de navegação, a lotação e o estado da embarcação, além de habilitação dos condutores.

Importante saber que, assim como nas estradas, não é permitido usar bebida alcoólica e conduzir embarcação. Por isso, etilômetros serão utilizados para medir o uso de álcool por parte dos condutores. A ação conta, ainda, com monitoramento e controle de poluição hídrica nas áreas e nas embarcações fiscalizadas, visitas de conscientização em entidades náuticas, clubes, marinas e colônias de pescadores.

Em conjunto com a Operação Verão 2019/2020 – Mares Seguros e Limpos acontece a operação Travessia segura, neste mês, em todo o país, voltada a embarcações de transporte de passageiros e de turismo náutico, cujo fluxo é intensificado durante o período de férias nas regiões litorâneas e nos balneários.

Além da proibição do uso de bebida alcoólica por parte do condutor, outras recomendações são: navegar a mais de 200 metros de distância da praia, fazer manutenção preventiva da embarcação, conhecer a previsão do tempo antes de sair, respeitar o limite de pessoas a bordo e calcular o consumo de combustível para ir e voltar do passeio.

LEIA TAMBÉM

>>Schaefer Yachts exibirá cinco de suas lanchas em Miami no próximo mês
>>No fundo do mar: conheça sete hotéis submersos pelo mundo
>>Maior regata em duplas do mundo, Transat Jacques Vabre concorre a prêmio

Confira as 15 recomendações para a segurança da navegação:

1) Esteja atento e vigilante durante a navegação. Você é o responsável por tudo que acontece a bordo.
2) Navegue a mais de 200 metros de distância da praia, respeite os banhistas.Lembre-se, seu direito termina quando começa o do outro.
3) Tenha em mãos a sua habilitação e os documentos obrigatórios. Confira tudo antes de sair e passe o dia tranquilo.
4) Conduza sua embarcação com velocidade segura. Isso permite a realização de manobras em caso de situação imprevista e evita acidentes.
5) Faça manutenção preventiva na sua embarcação. Assim como a gente, a embarcação também precisa de cuidados constantes.
6) Não consuma bebidas alcoólicas quando for conduzir sua embarcação.
7) Conheça bem todos os lugares por onde a embarcação irá navegar.
8) Conheça a previsão do tempo antes de sair e fique atento às possíveis mudanças.
9) Previna incêndios em sua embarcação.Pequenas medidas, como verificar o quadro elétrico e a validade dos extintores de incêndio evitam grandes tragédias.
10) Respeite o limite de pessoas a bordo e garanta a estabilidade da embarcação. A maioria dos acidentes com vítimas fatais são causados por esse descuido.
11) Informe seu plano de navegação e a lista das pessoas a bordo ao seu iate clube. Leve sempre um equipamento de comunicação. Navegar é bom, mas mantenha contato com terra firme.
12) Calcule o consumo de combustível para ir e voltar.Faça o cálculo em três partes: um terço para ir, outro para voltar e um de reserva.
13) Quando ancorado, não acione motores ou movimente a embarcação se tiver alguém por perto na água.
14) Tenha coletes salva-vidas para todos a bordo. Mas não se esqueça de que a prevenção é o seu melhor salva-vidas. Lembre-se – o colete salva-vidas deve ser homologado pela Marinha do Brasil.
15) Não polua mares, rios e lagoas. Lugar de lixo é no lixo.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.

Schaefer770