Naufrágio do século 16 é encontrado em parque da Suécia

0
541

Arqueólogos suecos encontraram os destroços de um navio do século 16 no meio do parque Kungsträdgården, em Estocolmo, capital da Suécia. Segundo os especialistas, à época do naufrágio a região, hoje terra firme, era tomada de água.

A embarcação de quase 100 metros ainda não pôde ser identificada com certeza, mas os especialistas suspeitam que o barco seja o navio Samson, que foi encomendado por Carlos IX da Suécia no final dos anos 1500. O barco foi construído inteiramente em pinho, com muitos detalhes.

Além disso, a equipe acredita que a embarcação seja originária de uma época em que os engenheiros navais estavam pesquisando novas formas de construir navios. “Uma descoberta desse período de transição, entre a antiga e a nova era da construção naval, é muito incomum. Na verdade, não há outros exemplos”, contou Philip Tonemar, membro da pesquisa. “É incrivelmente divertido fazer uma descoberta como essa. Isso nunca mais acontecerá comigo.”

LEIA TAMBÉM

Se o barco realmente for o Samson, a descoberta pode ajudar a resolver o mistério que cerca o desaparecimento do navio em 1607, apenas alguns anos após sua construção. “Quando o navio foi abandonado no início de 1600, provavelmente foi despido de material, destruído e deixado na praia”, disse Tonemar.

Ainda de acordo com o especialista, objetos da época como moedas, vidro, cerâmica e uma pequena bola de barro que pode ter sido um brinquedo de criança foram descobertos perto da embarcação. “Encontramos lixo dos moradores da época que foi jogado na mesma área, diretamente sobre o navio”, afirmou Tonemar.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.

Schaefer770