Naufrágio de mais de 150 anos é encontrado em praia na Austrália

0
668

Há 157 anos, no dia 12 de dezembro de 1863, a embarcação Amazon saía de Melbourne, na Austrália, em direção às Ilhas Maurício, carregando toneladas de carnes salgadas em sua carga. No entanto, essa viagem terminaria de forma trágica — uma tempestade no estreito marítimo de Bass fez com que o navio naufragasse.

Os restos da embarcação foram encontrados apenas recentemente, na praia de surf de Inverloch, localizada na cidade litorânea de Victoria. O naufrágio de quase 200 anos passou a ser observado de maneira lenta, a partir da erosão.

LEIA TAMBÉM
>> NÁUTICA Live #2: quais os impactos do COVID-19 no setor de marinas e iates clubes?>> Posso ou não navegar? Autoridades apontam soluções durante NÁUTICA Live
>> Azimut Yachts apresenta versão 2020/2021 de iate de 83 pés

Karyn Bugeja, responsável pelo projeto de estudo do navio, o Amazon 1863 Project Inc, explica que os pesquisadores sempre pensaram que a parte da embarcação que havia sido descoberta se tratava de sua quilha, mas a nova investigação mostrou que não. “No momento, há mais descobertas e elas estão contando uma história completamente diferente do que pensávamos até 48 horas atrás”, afirmou Bugeja.

“Não acho que as pessoas estejam cientes do valor do naufrágio, é o mais significativo na costa de Victoria e é o único naufrágio de madeira, por isso temos que respeitá-lo e apreciar o que temos em Inverloch”, concluiu.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Teste EVOLVE 360 HT – 27/06/2020