Maior regata oceânica do Atlântico Sul acontecerá em janeiro e contará com skipper brasileiro

0
443
Foto: Divulgação

A Cape2Rio 2020, maior regata oceânica do Atlântico Sul, já tem data de largada definida: 11 de janeiro. A prova, constituída por 3 500 milhas em alto mar, será disputada por competidores de todo o mundo, durante um percurso de 18 e 20 dias, no trajeto via Atlântico e que contempla Cape Town, cidade da África do Sul, como ponto de partida e a cidade do Rio de Janeiro, como o de chegada. Mais uma vez, a embarcação Mussulo 40 participará da competição.

O barco Mussulo 40 – Team Angola Cables vai competir na categoria Double Hand, tripulação de duas pessoas, constituída pelo comandante angolano, José Guilherme Caldas, e pelo skipper brasileiro, Leonardo Chicourel. No dia 27 de setembro, os dois velejadores partiram com a embarcação do porto de Piriápolis, cidade costeira do Uruguai, rumo a Cape Town, viagem que deve levar cerca de 18 a 20 dias para ser concluída. “Foram 14 dias na cidade uruguaia de intensa preparação do barco. Para isso, contamos com o suporte do lendário velejador britânico Josh Hall, nosso coach. O barco está em ordem e bem equipado. As velas foram reparadas e montadas. Consideramos que nosso principal treino será esta viagem até a costa da África do Sul. Em Cape Town, o barco será retirado da água e revisto novamente”, analisa José Guilherme antes da partida.

Durante a Cape2Rio 2017, o Mussulo 40 atravessou a linha de chegada do Iate Esporte Clube do Rio de Janeiro com tempo final de 16 dias, 14 horas 22 minutos e 12 segundos, estabelecendo recorde e recebendo o prêmio de primeira colocação na classe Double Hand, além do quarto lugar na colocação geral. “Somos uma equipe formada apenas por dois tripulantes e apesar de todas as adversidades encontradas ao longo da jornada, conseguimos disputar de igual para igual com tripulações completas de profissionais, em barcos maiores”, relembra José Guilherme Caldas.

A preparação para a regata de 2020 começou no meio do ano, com a participação da embarcação na competição Caribbean 600 Race e na Semana de Vela de Ilhabela. “Nossa expectativa durante a Cape2Rio é fazer uma excelente navegação e bater nosso último recorde de 16 dias de percurso em alto mar, conquistada na última edição da regata em 2017”, estima o comandante.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.