Atleta de motosurf segue para última etapa do mundial no México

0
329
Foto: Lucciano Cruz

Após conquistar o título Sul-americano no último fim de semana, no Paraguai, Bruno Jacob segue para a última etapa do Mundial de Motosurf Freeride, nos dias 15 a 17 de novembro, no México.

O campeonato irá acontecer nas praias de Puerto Escondido, cidade conhecida por suas grandes e perigosas ondas. “Confesso que estou um pouco preocupado com essa última etapa, mas, ao mesmo tempo, 100% preparado. É gostoso sentir um frio na barriga antes da competição acontecer e isso sempre dá um gás maior na hora da apresentação”, destaca Bruno Jacob.

O atleta é o único representante brasileiro no campeonato e teve um ano intenso de competições. Nas últimas semanas, Jacob participou de várias competições seguidas, fato que ajudou o atleta a se adaptar com a grande diversidade de mares, em pouco tempo.

“Todos os dias surgem novas oportunidades de aprender estratégias diferentes. Sou atleta de motosurf há mais de dez anos e, essas últimas competições me ensinaram a melhorar minha adaptação ao mar. Estou confiante para competir no México”, finaliza o atleta.

O Mundial de Motosurf Freeride está em sua última etapa e, Bruno Jacob, quase encerrando as competições este ano. O atual campeão sul-americano busca o título mundial, inédito em sua carreira.

Mundial de Motosurf Freeride
Quando: 15 a 17 de novembro
Onde: México, Puerto Escondido

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A nova edição já está disponível nas bancas, no nosso app e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones

Para compartilhar esse conteúdo, por favor use o link da reportagem ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos e vídeos de NÁUTICA estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem nossa autorização (redacao@nautica.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que NÁUTICA faz na qualidade de seu jornalismo.