Mundial de 470

0
1249

Dada a largada na disputa mais importante do ano para a equipe 470 VDS. Os gaúchos Geison Mendes e Gustavo Thiesen correram as seis primeiras regatas do Mundial da classe 470 em Haifa. O campeonato conta com as mais importantes duplas olímpicas da classe e para os gaúchos tem peso fundamental: pode decidir a vaga brasileira na Olimpíada do Rio de Janeiro.

Na segunda e terça foram realizadas a série classificatória de cinco regatas em ótimas condições climáticas segundo a organização. Ontem, Geison e Gustavo correram três regatas na flotilha azul, sofreram penalidade na primeira e fizeram 14º e 16º na sequência. Nesta terça, foram mais duas na flotilha amarela com a dupla velejando bem e conquistando 10º e 3º lugares. Durante as classificatórias, a equipe se manteve sempre entre os 10 primeiros da flotilha.

Agora as 60 equipes são divididas nas flotilhas ouro e prata para a série final de regatas e os dez melhores dessas correm a medal race no dia 17. Geison e Gustavo são os 20º colocados e estão na flotilha ouro. A dupla permanece confiante após os resultados positivos, de acordo com o timoneiro Geison. Veja a súmula parcial.

Conforme nota oficial da CBVela divulgada em 08 de agosto, a tripulação brasileira que ficar entre os 15 primeiros colocados no Campeonato Mundial da Classe de 2015, e se as demais tripulações brasileiras tiverem o dobro da colocação mais 1 do que a dupla melhor colocada, estará automaticamente classificada para representar o país nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Ainda pelo Brasil, corre a dupla Henrique Haddad e Bruno Bethlem que estão em 31º na flotilha prata. Participam da competição 60 equipes de 17 países: Africa do Sul, Alemanha, Argentina, Belgica, Brasil, Canadá, Chile, Dinamarca, Finlandia, Hong Kong, India, Israel, Italia, Coréia do Sul, México, Portugal e Turquia. A dupla conta com patrocínio Corsan, Banrisul Esportes e Tradener pelo Projeto Vela Olímpica/Ministério do Esporte.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br