Mudanças

0
1196

Depois de terminar em sétimo e último lugar na primeira etapa da Volvo Ocean Race, a equipe espanhola do Mapfre trocou seu navegador. O mais novo contratado é o francês Jean-Luc Nélias, que substitui Nicolas Lunven. O velejador foi campeão da Volvo Ocean Race na temporada 2011-12 e tem experiência para ajudar o time a voltar para a briga. Outra saída confirmada foi do também francês Michel Desjoyeaux. O substituto dele ainda está indefinido.

“A decisão foi bilateral. Uma medida adotada pela equipe e por mim. Não foi uma posição fácil de tomar, mas faz parte do ambiente da modalidade. A equipe do Mapfre é formada por bons e competentes velejadores. Eu digo que não perdi meu tempo, pois também contribui para o projeto”, falou Michel Desjoyeaux, que é chamado na vela de professor. O francês foi duas vezes campeão da Vendeé Globe, principal regata de volta ao mundo em solitário. Lembrando que o brasileiro André ‘Bochecha’ Fonseca segue na equipe e é o único do país navegando na regata.

O Mapfre sofreu na primeira perna com problemas na bateria, motor e nas de velas. Mesmo assim, os espanhóis chegaram a liderar um trecho no Atlântico e só perderam espaço na passagem por Fernando de Noronha.

O time espanhol e as outras seis tripulações que disputam a Volvo Ocean Race agora descansam na Cidade do Cabo antes da largada da próxima etapa, que será até Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. No sábado (15), os barcos disputam a In-port Race sul-africana. No dia 19 de novembro, os times partem para as arábias.

O vencedor da primeira etapa foi o Abu Dhabi Ocean Race. O pódio teve ainda Dongfeng Race Team, em segundo, e Team Brunel, em terceiro.

Foto: Yann Riou

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.

Teste FS 290