Motorização

0
1570

A Cummins Brasil, em parceria com o seu distribuidor Motormac, localizado em Porto Alegre (RS), comemora no próximo dia 15, juntamente com a Navegação Aliança, o batismo da embarcação Juan Rassmuss. O evento será realizado no estaleiro da Intecnical, responsável pela operação em Triunfo (RS).

O Ruan Rassmuss, nome de um acionista da controladora da empresa Trevisa, recebeu duas motorizações Cummins KTA19, de 600 cv a 1800 rpm, totalizando 1200 cavalos de potência. Os motores mecânicos trazem ainda um sistema de gerenciamento de combustível eletrônico (Centry), que permite o gerenciamento de carga sobre o motor na melhor condição de operação e consumo.

O projeto, iniciado em 2014, contou com todo o suporte de engenharia do Distribuidor Cummins Motormac. “Participamos junto a engenharia do cliente para o dimensionamento e aplicação dos motores à embarcação, focando no aumento de performance e redução de consumo, além de minimizar emissões de poluentes”, diz Sérgio Kulzer, gerente de Aplicações e Vendas de Motores da Motormac.

A Cummins e a Motormac foram as empresas responsáveis por equipar as quatro últimas embarcações produzidas pela Navegação Aliança. Lançado em 2014, o navio João Mallmann foi equipado também com duas unidades do motor Cummins KTA19-M, assim como o navio Frederico Madörin, cuja atividade começou em 2009. Já o navio Germano Becker, lançado em 2005 recebeu três motores Cummins QSK19-M.

“Trata-se de um cliente estratégico que prestamos serviços desde 2002. E estamos muito honrados por contribuirmos com mais esta conquista da Navegação Aliança”, afirma Kulzer. Vale acrescentar que a Motormac é a responsável pelas manutenção de todas as embarcações da empresa, com comercialização e fornecimento de materiais e peças.

A nova embarcação Juan Rassmuss será destinada, inicialmente, à movimentação de celulose da planta da CMPC Celulose Riograndense, localizada em Guaíba, cuja unidade teve sua capacidade de produção expandida recentemente. O Juan Rassmuss levará a carga da Região Metropolitana de Porto Alegre, pelo Rio Guaíba e Lagoa dos Patos, até Rio Grande. No porto, o produto será colocado em navios maiores para, através do mar, seguir para o destino final.

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br