Competição de barcos movidos a energia solar tem edição 100% virtual em Mônaco

0
301

A 7a edição do Monaco Solar & Energy Boat Challenge teve início na última terça-feira, 30 de junho, e ganhou um novo formato em 2020 devido à pandemia pelo novo coronavírus. Segundo Bernard d’Alessandri, secretário geral do Iate Clube de Mônaco, era impossível cancelar o evento, então, foi decidido mantê-lo de forma virtual.

Dezoito equipes de 12 países diferentes participam da competição, que busca refletir o compromisso de pesquisadores, acadêmicos, futuros engenheiros, inventores e profissionais do ramo de iatismo e energia, e é organizada pelo Iate Clube de Mônaco ao lado da Fundação Prince Albert II.

LEIA TAMBÉM
>> Teste Intermarine 62: navegamos em uma das lanchas mais desejadas do Brasil
>> 11 barcos-conceito fantásticos que podem ir para as águas nos próximos anos
>> Navegador argentino cruza o Atlântico para ver seus pais em meio à pandemia

Até o dia 4 de julho, cada equipe mostrará seu trabalho por cerca de dez minutos via Zoom (aplicativo que possibilita conferências remotamente). A edição conta com três prêmios em disputa: Prêmio de Inovação, que será concedido à equipe com o projeto mais inovador, “ seja na eficiência energética do barco projetado ou no seu design”; Prêmio de Concepção Ecológica, para o projeto mais ecológico em termos de eficiência dos materiais, nos processos utilizados e na contribuição científica; e o Prêmio Espírito, para o projeto mais criativo.

Como um desafio adicional, os participantes terão que apresentar seu trabalho final em apenas 1 minuto e 20 segundos. A cerimônia de premiação também será on-line, às 11h do dia 8 de julho, e cada vencedor receberá um cheque de 2 mil euros.

Por Amanda Ligorio, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Inscreva-se no melhor canal sobre o mundo náutico do Brasil