Melhores condições

0
1476

A última visita de inspeção da Baía de Guanabara e da Marina da Glória pela Isaf (Federação Internacional de Vela) para os Jogos Olímpicos Rio 2016 aconteceu no mês passado e mostrou satisfação dos oficiais da federação, apesar de ainda haver trabalho a ser feito, para que os atletas não estejam sob riscos durante as disputas, em agosto.

Andy Hunt, diretor-executivo da Isaf, afirmou que um progresso considerável foi realizado desde a visita anterior, em março, com qualidade da água nitidamente melhor, principalmente nas proximidades da Marina. Hunt disse, ainda, que durante a visita técnica, teve contato com os oficiais da Prefeita do Rio e com autoridades que cuidam do meio-ambiente para verificar a qualidade da água. “O que vimos é encorajador, mas é importante que nenhum dia seja perdido implementando as medidas que foram planejadas e não-executadas, incluindo a instalação de uma nova série de eco-barreiras”, completou.

“Nosso foco principal é ter a certeza que as raias na Baía de Guanabara sejam seguras para todos os competidores olímpicos. Estou confiante que estamos no caminho certo. Mas como em qualquer regata, temos planos prontos para fazer adaptações no caso de as condições mudarem”, disse Alastair Fox, chefe de competições da Isaf.

Foto: Reprodução

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br

Schaefer V33