Mão na taça

0
1207

A vitória está muito perto, mas o catarinense Bruno Fontes (ICSC) só irá confirmar o título do 25º Campeonato Centro Sul-Americano da classe Laser Standard nesta sexta-feira com a disputa das duas últimas regatas no Veleiros do Sul, em Porto Alegre. Ele lidera a competição com 36 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o argentino Juan Pablo Bisio (YCR).

No penúltimo dia Bruno perdeu sua invencibilidade ao chegar em oitavo lugar na sétima regata, mas isso não chegou nem longe perturbar seu excelente desempenho que soma sete vitórias até agora. “Eu ganhei duas das três regatas realizadas hoje. Uma delas cheguei em oitavo porque o vento estava muito rondado e pensei que a rajadas viriam de uma direção e entrou de outra, leste, mas no geral fui bem”, disse Bruno.

No 16º Centro Sul-americano de Laser 4.7 o paranaense Andrey de Oliveira Godoy (ICLI) se mantém na dianteira. Em busca do seu primeiro título na classe Laser 4.7, onde veleja há um ano, Godoy, 16 anos, considera que o campeonato está bem difícil devido ao nível dos velejadores nesta competição. Ele tem a vantagem de 11 pontos sobre o gaúcho Lucas Mazim (CDJ), que assumiu o segundo lugar na classificação. “As regatas estão muito disputadas e hoje o vento rondou bastante de direção dificultando mais ainda a prova para os velejadores. Estou na liderança e manhã teremos a definição”, comentou Godoy. Um dos destaques do dia na 4.7 foi o velejador do Veleiros do Sul Tiago Quevedo. Bicampeão brasileiro de Optimist, Tiago é recém egresso da classe inicial da vela e em sua primeira participação em um campeonato de Laser, conquistou a sua primeira vitória nesta quinta-feira. A gaúcha Júlia Silva (VDS) continua em primeiro lugar entre as mulheres e quarta colocada na geral do 4.7. Em segundo vem a capixaba Odile Ginaid.

“Hoje cada regata teve uma condição de vento diferente e nas duas últimas largadas não fui bem. Pelo menos ainda mantenho a liderança no feminino”, diz Júlia, 20 anos.
No penúltimo dia a competição começou com vento sul de intensidade de 10 a 12 nós mais no final da tarde virou para leste (10 a 12 nós), obrigando a CR mudar a montagem da raia para realizar a última regata do dia.

O Centro Sul-americano de Laser Standard e 4.7 conta com 91 inscritos de 13 países: Brasil, Argentina, Bermudas, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, Guatemala, México, ilhas Trinidad Tobago, Peru, Uruguai e Venezuela. A competição encerra nesta sexta-feira a partir das 14 horas

Foto: Divulgação

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br