Mais uma conquista

0
1104

A exemplo do que já acontecia em Santa Catarina, a Associação Brasileira dos Construtores de Barcos e Seus Implementos (Acobar) conseguiu, recentemente, um incentivo para o comércio de barcos usados junto ao governo do estado de São Paulo. Trata-se de uma expressiva redução de 95% na base de cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Com isso, são aplicados 12% de ICMS sobre apenas 5% do valor da embarcação, diminuindo, drasticamente, a carga do imposto — como, aliás, é praxe no mercado de carros usados.

“Foi uma luta de mais de dois anos e, agora, estamos conversando também com o governo do Rio de Janeiro, a fim de obter algo nos mesmos moldes”, explica Eduardo Colunna, presidente da Acobar. Outra batalha da associação, segundo ele, caminha no sentido de conseguir para o vendedor de barco zero os mesmos benefícios já existentes para a indústria, nos diferentes estados, de acordo com suas respectivas alíquotas de arrecadação.

Foto Divulgação

 

Assine a revista NÁUTICA: www.shoppingnautica.com.br