Você sabia? Maior rota marítima em linha reta tem pouco mais de 30 mil quilômetros

0
1223

Siga o nosso TWITTER e veja a série Dicas Náuticas diariamente.

Uma rota marítima divulgada pelo advogado ambiental Patrick Anderson, há 5 anos, no Reddit, com base em informações anteriores de fonte desconhecida, prevê uma distância máxima de pouco mais de 30 mil quilômetros para se navegar em linha reta, sem cruzar nenhuma ilha.

O trajeto, nunca posto em prática, sai da costa do Paquistão, passa entre o continente africano e Madagascar, se aproxima da Antártida, contorna a América do Sul e vai parar no nordeste da Rússia.

Leia Mais

>> Maior hidroavião do mundo pode levar até 50 passageiros e voar por 12 horas

>> Inusitada casa construída a partir da popa de um barco está à venda nos EUA

>> No fundo do mar: conheça sete hotéis submersos pelo mundo

O físico irlandês Rohan Chabukswar e o engenheiro indiano Kushal Mukherjee desenvolveram um algoritmo que pudesse analisar diversos dados do globo terrestre para analisar se o traçado de Anderson estaria correto e se de fato nenhuma porção de terra seria encontrada nessa viagem hipotética. E não é que ele estava correto? A rota total tem 32 090 km, começando perto do porto de Karachi, no Paquistão, e terminando perto de Kamchatka, na Rússia.

A dupla Chabukswar-Mukherjee também calculou o maior caminho terrestre sem atravessar grandes porções de água, que seria sw uma viagem entre Quanzhou, na China, e Sagres, em Portugal, em um total de 11 241 km passando por 15 países. Porém, essa informação não é precisa, já que circula na internet um suposto trajeto entre Wenzhou, na China, e Greenvile, na Libéria, que teria 13 573 km.

Gostou desse artigo? Clique aqui para assinar o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e receba mais conteúdos.

Audi