Luna Rossa vence Ineos por 7 x 1 na final da Prada Cup e agora decide a America’s Cup com os Kiwis

0
684

De maneira surpreendente, o barco italiano Luna Rossa Prada Pirelli venceu o britânico Ineos (e de goleada: 7 x 1!) pela Prada Cup e agora — a partir do dia 6 de março —, como desafiante, vai enfrentar o Emirates Team New Zealand na final da 36ª America’s Cup, a mais antiga competição esportiva do planeta, com 170 anos de tradição — não existe desafio mais caro, chique, famoso e disputado no mundo náutico.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

A Prada Cup 2021 — classificatória à America’s Cup — foi disputada por três países (Estados Unidos, Inglaterra e Itália), em Auckland, a maior cidade da Nova Zelândia, país que tem o atual defensor da taça — em 2017, o Emirates Team New Zealand derrotou o ORACLE USA. As regatas são disputadas no sistema de match race: dois barcos iguais correndo um contra o outro; ganha quem chega na frente. Quem fizesse sete vitórias ergueria a taça e, como consequência, se credenciaria a disputar a America’s Cup, como desafiante.

Leia também

» Sul-africano está próximo de bater recorde mundial de travessia a remo em Cabo Frio

» Troféu Princesa Sofia de Vela é adiado para outubro

» 7º Rally dos Mares, entre Salvador e Ilhéus, bate novo recorde com participação de 180 jets

Comandado pelo campeão olímpico Ben Ainslie, o Ineos Team passou pela fase de grupos da Prada Cup com 100% de aproveitamento, tendo, inclusive, varrido o Luna Rossa Prada Pirelli por 3 x 0. Com isso, avançou direto às finais da competição, enquanto os italianos tiveram que disputar a semifinal com o American Magic, representante dos Estados Unidos. De repente, o vento virou. E o Luna Rossa impôs um humilhante 7 x 1 ao Ineos Team.

“Podemos sentir os italianos torcendo por nós. O suporte que recebemos é incrível. As pessoas pensam que a Itália tem tudo a ver com futebol, mas velejar é uma boa pedida no momento”, disse Francesco Bruni, um dos integrantes do time Prada. Será a terceira participação do Luna Rossa na America’s Cup, como desafiante. No ano 2000, o time italiano tinha o brasileiro Torben Grael como tático. Agora, tem o brasileiro/uruguaio Horácio Carabelli como chefe de equipe.

Gostou desse artigo? Clique aqui para receber o nosso serviço de envio de notícias por WhatsApp e leia mais conteúdos.

FS 360 Allure