Lars Grael anuncia fim de carreira internacional

0
369

Lars Grael anunciou, no último domingo (7), o fim de sua carreira internacional. Desde 1972 no mundo da vela, ele é detentor de duas medalhas olímpicas, dois títulos mundiais, 12 títulos continentais, 30 títulos nacionais, além de muitos outros resultados. “É uma decisão difícil, você tem que saber a hora de parar, usar a razão, sentir o seu corpo”, afirmou Lars, que vai continuar velejando no âmbito nacional.

“Após o acidente, há cerca de 20 anos, eu voltei a velejar em outra classe (Star), influenciado pelo meu irmão Torben. Foram 19 anos de muita dedicação, mas chega uma hora que a gente passa a querer priorizar outras ações”, complementou.

No período em que velejou pela Star, ele destaca a conquista como o campeonato mundial de 2015, em Buenos Aires, em dupla com o Samuel Gonçalves. Em Campeonatos Mundiais na classe Star, além do título de 2015, foco no Vice título de 2017 (nossa última participação em mundiais), o Bronze de 2009 e os 4º lugares em 2010 e 2016. Na prestigiada Bacardi Cup, conquistou o inédito (para uma equipe brasileira) bicampeonato de 2014 e 2015, e ainda, o Vice de 2013, além das 4ª colocações de 2017 e 2018.

LEIA TAMBÉM
>>Maior projeto solar fotovoltaico flutuante do mundo é ativado na China
>>Membro da família Real da Noruega disputa o Brasileiro ABVO de Veleiros de Oceano
>>Rede Golfinho de Combustíveis marcará presença no Rio Boat Show

Foram 7 campeonatos continentais (Sul-Americano e Hemisfério Ocidental), e 5 Vices (Europeu; Norte-Americano; Sul-Americano; Hemisfério Ocidental e Hemisfério Sul). Lembra, ainda, de 16 títulos nacionais entre Campeonatos Brasileiros (7); Campeonatos do Distrito (7) e Pré-Olímpicas da CBVela (2).

Entre as principais razões para a decisão, Lars Grael destacou o alto custo de se autofinanciar nas competições. Ele vai aproveitar para dedicar-se às palestras que ministra, e a consultoria de esporte. “Aos 55 anos, terei mais tempo para o trabalho, para a família, para o Instituto Rumo Náutico (Projeto Grael) e para os amigos”, disse.

A despedida de Lars será no Campeonato Europeu de 2019, que acontecerá entre 15 e 19 de maio, no Lago de Garda, na Itália, onde irá competir com o proeiro Pedro Henrique (Bolder) Trouche. Bolder é atual vencedor da “SSL Finals” em dupla prodígio com Jorge Zarif.

Receba notícias de NÁUTICA no WhatsApp. Inscreva-se!

Quer conferir mais conteúdo de NÁUTICA?
A edição deste mês já está disponível nas bancas, no nosso app
e também na Loja Virtual. Baixe agora!
App Revista Náutica
Loja Virtual
Disponível para tablets e smartphones