Empresa norte-americana apresenta projeto de lancha de 27 pés com hidrofólio

0
712
navier 27

A estadunidense Navier está montando um programa de adaptação para o seu primeiro hidrofólio totalmente elétrico. A startup do Vale do Silício está introduzindo um novo modelo de negócios para a indústria de iates, acelerando a revolução elétrica na navegação.

A Navier tem construído uma comunidade de entusiastas da navegação elétrica  para impulsionar a adoção de embarcações “limpas” e eficientes através de seu programa. Seu primeiro produto é o Navier 27, uma embarcação elétrica, com hidrofólios, propulsão elétrica e recursos de autonomia avançados.

Inscreva-se no canal de NÁUTICA no YouTube e ATIVE as notificações

Desde o anúncio do Navier 27, a empresa teve um resultado muito positivo em relação ao lançamento, o que provocou uma grande demanda no mercado. Como resultado desse número de entusiastas, a startup desenvolveu o “Programa Pioneiro”, que permite que as pessoas reservem uma vaga antecipada para as futuras unidades da embarcação de sucesso.

“O objetivo é reunir um pequeno grupo de pioneiros e começar a construir uma comunidade que está ansiosa para promover novas inovações na indústria náutica “, disse o cofundador e CEO, Sampriti Bhattacharyya.

“Embora estejamos trabalhando duro para disponibilizar o Navier 27 para todos, nossos espaços de construção para 2023 são muito limitados. Este programa é nossa maneira de priorizar nossos primeiros apoiadores e entusiastas, antes do lançamento total para o mercado mais amplo. Esses clientes serão incluídos em nosso desenvolvimento inicial, experimentarão os primeiros testes de mar e serão capazes de fornecer feedback direto à Navier”.

Reo-Baird-Sampriti-Bhattacharyya.
Reo Baird e Sampriti Bhattacharyya, os fundadores.

O programa é apenas para convidados, por enquanto, e é voltado para navegadores apaixonados por tecnologia. Como a embarcação possui produção limitada para 2023, o “Programa Pioneiro” foi a melhor alternativa encontrada pela Navier para priorizar os apoiadores.

Leia também

» Estaleiro italiano cria linha de superiates Ayrton em referência à Fórmula 1

» Estaleiro italiano apresenta nova lancha de 45 pés mantendo tradição da marca

» Estúdio alemão apresenta conceito de megaiate que une diversão e liberdade

Além de tudo, ele ainda permite à Navier formar uma conexão direta com o consumidor. Também evidencia os primeiros passos da startup no desenvolvimento de uma tecnologia com o objetivo de aumentar radicalmente a eficiência de pequenas lanchas em 90%, garantindo emissões zero e uma experiência de passeio superior. Um outro objetivo (a longo prazo) é proporcionar transporte hidroviário eficiente e limpo para o público em geral.

A empresa vem trabalhando com com especialistas da America’s Cup, e os primeiros clientes terão a chance de dar uma espiadinha para entender o que é necessário para construir “o barco do futuro”.

navier 27

“Estou muito emocionado em anunciar que algumas pessoas excepcionais, incluindo tecnólogos e empresários que são grandes entusiastas do oceano, já fazem parte do grupo Pioneer para impulsionar o futuro da navegação sustentável”, acrescentou Bhattacharyya.

O “Programa Pioneiro” é uma oportunidade de tempo limitado. Assim que estiver completo, a Navier abrirá reservas para 2024, dessa vez, para um público mais amplo. No entanto, um depósito de 1 000 dólares é necessário para a reserva.

A embarcação promete viagens sem ruídos ou poluição, tecnologia de estabilização aeroespacial, acoplamento preciso do joystick assistido por sensor, piloto automático avançado, alertas de perigos e check-in antecipado na embarcação através de aplicativo.

navier 27

O proprietário pode escolher entre duas versões: cabinada ou aberta. São 27 pés, ou seja, 8 metros, velocidade de foiling entre 18 e 30 nós, propulsão através de 2 motores de 50 KW e capacidade para 10 passageiros.

Por Naíza Ximenes, sob supervisão da jornalista Maristella Pereira.

Não perca nada! Clique aqui para receber notícias do mundo náutico no seu WhatsApp.

Prime Share