Lançamento

0
6739

O Estaleiro Kalmar – referência na construção de barcos em madeira artesanais – em uma parceria inédita com a rede de lojas Regatta, tornou-se o atual fabricante da lancha Garda 22. A embarcação, inspirada nos charmosos barcos italianos da década de 50, alia o visual autêntico de um barco de época à tecnologia atual. Esta combinação revela uma lancha cheia de charme e com todo o conforto das embarcações atuais.

Ideal para passeios diurnos em águas abrigadas, a lancha apresenta ótima performance e velocidade. O seu casco em V pronunciado garante um navegar suave, e as quilhas ajudam a realizar curvas mais acentuadas, sendo muito recomendada para esqui do tipo slalom. Potente, recebe um motor Mercruiser Magnum 350, de 315 hp.

A lancha acomoda até seis pessoas, possui bancos dianteiros individuais e giratórios e um banco inteiriço e um solário mais a ré. Conta também com uma capota embutida no banco da popa que pode ser armada em dias de sol forte.

O acabamento é um dos pontos de destaque desta lancha, com o convés de cedro ripado, que intercala a madeira escura com finas listras em marfim. Além disso, belas ferragens cromadas e o desenho da popa, que remete as lanchas clássicas dos anos 1960, dão o toque final para a elegante embarcação.

A Garda 22 é velha conhecida do mercado náutico. Idealizada por Felipe Furquim, CEO da Regatta, a embarcação foi lançada em 2007 e, após cessar temporariamente sua produção, voltou ao mercado náutico com a fabricação a cargo do Estaleiro Kalmar. O casco, de fibra de vidro, é construído dentro do estaleiro por um parceiro da empresa, e todos os serviços de marcenaria e montagem são realizados pelos artesãos do estaleiro. “A parceria com o Kalmar é primordial para se construir um barco de alta qualidade e com o acabamento impecável”, destaca Furquim.

Essa parceria reflete o novo momento do Kalmar, temos 30 anos de mercado e o intuito do projeto Garda é poder oferecer a qualidade Kalmar a um público mais amplo, com um produto mais acessível, diversificando nossa carteira de clientes. Estamos mantendo nossa essência, que é a construção de bons barcos e a marcenaria naval de alto padrão, porém, com um casco fabricado em fibra”, conta a diretora do estaleiro, Lorena Kreuger.

O modelo tem 22 pés, ou 6,70 metros, e 2,20 de boca, segundo o estaleiro atinge 34,4 nós em velocidade máxima.

Fotos: Divulgação

 

Curta a revista Náutica no Facebook e fique por dentro de tudo que acontece no mundo náutico.